7.7.17

Passo de São Gotardo: entre duas Suíças

"Então, sempre subindo, vamos indo para alturas do Gotardo,
 onde os lagos são eternos
e onde o céu que flui, se derrama sobre si mesmo
Lá você poderá se despedir das terras alemãs
e em uma corrida alegre, um fluxo diferente 
irá levá-lo para a Itália, a terra prometida."
Escreveu em 1804 Friedrich Schiller, na peça em cinco atos sobre Wilhelm Tell o herói suíço

O passo de São Gotardo, ou Gotthard Pass tem 2106 metros de altitude e é um passo de montanha muito importante para a Suíça, estando localizado entre Airolo no cantão do Ticino e Goschnenen, no cantão de Uri. É a principal ligação entre a Suíça germânica e entre a Suíça de lingua italiana.

Somos tomados realmente por uma sensação bem interessante quando saimos da parte alemã da Suíça e chegamos ao Passo de São Gotardo. A Suíça italiana é sim, bem diferente da Suíça alemã (assim como da Suíça francesa).

Os topos das montanhas permanecem nevados mesmo no verão.
Morar na Suíça é morar em pelo menos três países diferentes. Como o território suíço não é muito extenso, cruzar da Suíça alemã ou francesa para a Italiana, por exemplo, é muito fácil e relativamente rápido. Assim a percepção das diferenças culturais se tornam muito mais aguçadas quando você mora na Suíça. No Brasil, por exemplo, que é muito mais extenso territoralmente do que a Suíça, muitos só vivenciam as diferenças culturais do próprio país pela televisão, livros ou quando, raramente, viajam do norte para o sul do país ou vice-versa.

As placas com a sinalização das trilhas para o lado italiano e para o lado alemão
Bom, chegando ao Passo de São Gotardo, encontramos uma atmosfera muito bacana: música ao vivo, motoqueiros, caminhantes de montanha e um dia lindo de sol! Um passo de montanha bem alegre, como vocês podem conferir no pequeno vídeo abaixo que eu gravei quando estive por lá.
Friedrich Schiller tinha mesmo razão, o astral desse lado da montanha lembra muito a Itália.

Alpenrosen: as rosas alpinas. Nesta época do ano essas flores são abundantes nas montanhas
A região do San Gottard, como não poderia deixar de ser, é muito proprícia para as caminhadas de montanha (wandern). Especificamente agora no verão, é um esporte com muitos adeptos aqui na Suíça. Há montanhas e trilhas para todos os níveis de hiking.
Eu e o silêncio das montanhas...
Apesar de estar a uma alta altitude, eu achei até bem tranquila a caminhada por lá, apesar de termos caminhando muito pouco neste dia. Há várias trilhas, mas neste dia, preferimos somente caminhar até o lago de Lago della Sella em uma caminhada bem leve de aproximadamente 45 minutos (sem contar as pausas para fotos, hehe).
Pausa para fotos! :-)
 Pequenas cachoeiras, cuja água vem do degelo das montanhas e das chuvas, também podem ser vista nas montanhas!
A caminhada é compensada, é claro, com a chegada ao Lago della Sella! Apesar de ser um lago artificial, sua beleza não é em nada afetada por isso.
 Como era começo de verão, o lago ainda estava sendo descongelado. Esse efeito do gelo sobre as águas deixou o lago ainda mais bonito!!

Essa região ainda é muito conhecida por albergar o Hospiz San Gothardo, que no passado servia como hospedaria e hoje é um confortável hotel com 11 quartos no meio dos alpes. O Hotel foi recentemente renovado e está listado como Patrimônio Europeu.
 

Os quartos deste hotel são dedicados às pessoas famosas que gostavam da região de Gotardo, como Goethe e Honoré de Balzac.

A partir do verão, fica aberta pra mim temporada de caminhadas nas montanhas! Quem curte?
Até o próximo hiking!!
Continue lendo ››

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...