17.5.17

Feijoada adaptada para a Suíça

Desde que eu moro aqui, eu procurei por mim mesma utilizar o máximo de ingredientes encontrados nos supermercados locais, (salvo quando é um ingrediente muiiito especial ou insubistituível, como a farofa por exemplo) do que ter que me deslocar muito para encontrar o ingrediente x ou y para fazer determinado prato.

Foi assim com a feijoada. Claro que aquela linguiça calabreza cai sempre melhor do que uma linguiça comum. No entanto, com a qualidade e a diversidade de carnes e linguiças de porco que encontramos aqui, fica fácil fazer uma feijoada na Suíça sem se preocupar em encontrar os ingredientes da feijoada "original" brasileira.

Logo que eu voltei do Brasil, eu ainda estava com a minha boca salivando sentindo aqueles saborzinhos das comidas de lá (pastel, coxinha, pão de queijo, comida japonesa (em Sampa temos ótimos restaurantes japoneses), açaí e por ai vai... vou parar porque já estou salivando, que decidi fazer uma feijoada em casa e convidar uns amigos. Era o auge do inverno, então nada melhor do que uma feijuca para dar aquela aquecida.

A receita é muito simples (mas e necessário seguir bem alguns passos, como ir retirando aquela gordurinha que vai subindo com o cozimento das carnes). O que naturalmente muda, são os ingredientes que temos que substituir, entretanto esses ingredientes eu encontro todos no supermercado Migros. No entanto se você não abre mão de fazer a feijoada com produtos brasileiros e tiver a facilidade de ter lojas brasileiras por perto, então se joga lá!

 As carnes e linguiças já cortadas


as carnes e linguiças antes e durante o cozimento
 Feijãozinho preto da hora e a carne seca

A feijoada que eu faço, eu uso como base a receita do restaurante do Bolinha, cuja feijuca é a mais famosa (e provavelmente também a mais cara) de Sampa. Na verdade as dicas que o Bolinha dá, são aquelas que fazem realmente muita diferença, como por exemplo não jogar a água do feijão que você deixou de molho. O vídeo é um pouco longo, e até eu que não tenho paciência com vídeos, achei muito bom assistir, pois as dicas valeram mesmo. Eu não usei rabo, pé ou orelha de porco (nem sei se vende aqui), mas mesmo assim a feijoada, sem modéstia, ficou muiiito boa.

A feijoada é um prato que agrada bastante aos suíços e aos alemães (salvo os vegetarianos), visto que eles estão muito habituados a comer muita linguiça e carne de porco, então é um sucesso!!

Feijoada para seis pessoas (adaptada para os produtos que temos na Suíça)

500 g de Schwarzen Bonnen (feijão preto). Tem no Migros ou no COOP.
3 Kabanossi (essa é uma linguiça encontrada muito facilmente na Alemanha e que substitui o Paio e a Linguiça Calabresa). Eu encontrei no supermercado Denner.
Eu também usei o "Saucisson du Vully", uma linguiça que temos aqui e que eu achei que ficou muito boa na feijoada.
400 g de Geräucherter Kassler Rippen (substituição para a costelinha de porco). Na Suíça alemã peça por "Rippli".
300 g de carne seca bovina (trockenes Fleich). No Migros você pode comprar carne seca direto no açougue do supermercado, peça pela carne em pedaço e não fatiada. Caso você não encontre, substitua por Geräuchertes (defumada) Schinken.
100 g de Speck (o nosso Bacon)
Eu ainda usei umas 200 grs de lombo de porco (geräucherte schweinelende) que ficou mara!
200 g. de cebola picada (para o tempero do feijão)
100 g. de alho picado (para o tempero do feijão)
6 fls. de louro (para o tempero do feijão)
2 unidades de laranjas com casca (bem lavadas)

A couve aqui pode ser substituída pela Krautstiele (tem no Migros), ou melhor ainda, você pode pegar de graça as folhas de "Kohlrabi" e usar como Couve. Essas folhas já ficam em um cesto no próprio supermercado, junto aos Kohlrabi e as pessoas podem pegar de graça, normalmente quem tem coelhos em casa, leva para alimentá-los. Eu já fiz a couve refogada usando as duas (Krautstiele e as folhas de Kohlrabi) e ambas ficam idênticas à nossa couve.

Na Suíça, como os suíços: então, na hora de servir, capriche na apresentação! Os suíços comem com os olhos, então a visualização dos pratos e da mesa é um detalhe muito importante por aqui.

Feijoada em um dia frio, porém ensolarado de inverno
En guete! Bom apetite
Se fizerem essa feijoada seguindo as dicas dessa receita, por favor, deixe um comentário aqui. Adoro saber quando alguma dica ajudou alguém ou quando alguém fez alguma (das não muitas) receitas deste bloguinho.
Ah, pode me convidar para comer também! hehe. 

2 comentários:

  1. Aiiii que delícia...aqui eu ainda não achei nada a altura do paio ou calabreza...mas pelo visto o que vc escontrou é quase igual...mas um item pra buscar no supermercado pelos lados da Alemanha. Carne até que é fácil, aqui tem no Jumbo a carne salgada que fica igualzinho. Já achei rabo aqui. O segredo mesmo está no amor! Basta caprichar no tempero que fica mesmo uma delícia! Eu não fiz a minha ainda, mas tenho o feijão e acho que vou fazer uma agora que vi a sua. Fiquei salivando hahahaha Sua mesa ficou linda! Muito caprichosa! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calabreza e paio só eles mesmos, massss nem sempre dá para eu ir em lojas portuguesas ou brasileiras pra comprar (e as vezes não tem também, como já aconteceu)então apelo para os substitutos.
      É essa feijoada é meio genérica, mas caprichando no tempero e usando produtos de qualidade, fica muiiiito boa! Bj

      Excluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...