27.8.16

Bom dia Switzerland

Este final de semana será mega ensolarado. Agora, já no final e agosto o verão resolveu voltar com tudo.
Quem puder, faça como as vaquinhas suíças: aproveite para curtir ao ar livre! .
Bom final de semana pessoal!!!
Continue lendo ››

15.8.16

A vila alpina de Mürren

Uma vila de contos de fadas cercada pelos alpes suíços. É assim que posso começar a descrever Mürren, um vilarejo suíço de 1650 metros de altura, localizado no cantão de Berna.
Uma casinha em Mürren. Não parece de bonecas ou de contos de fadas?
A vila de Mürren pertence a cadeia alpina de Interlaken, onde está a mais famosa das montanhas da região dos alpes Berneses, a Jungfraujoch.

Em Mürren: casas típicas da região de Berna: rusticidade suavizada pelas flores na janela. 💕💕

Detalhes de algumas casas de Mürren

As casinhas e os hotéis de Mürren são muito charmosos e a vilinha é muito bem preparada para o turismo: há muitos hotéis, restaurantes, albergues, cafés, enfim, uma estrutura completa tanto no verão, (para os praticantes de hiking, paraglieder, ou mesmo para turistas que querem somente passar o dia na região), quanto no inverno (especialmente para os praticantes de ski). Em Mürren vivem menos de 500 pessoas, mas a capacidade hoteleira da região tem capacidade para 2000 leitos.

Show de paraglieders no céu de Mürren
Assim como em Zermatt, em Mürren só é permitida a circulação de carros elétricos, tudo isso para garantir a pureza do ar!

De Mürren é possível avistar as três montanhas mais conhecidas da região: Eiger, Mönch e a famosona Jungfrauchjoch. De todos os pontos da vila, você terá vista sensacionais dos alpes berneses.
Belo quintal!

Praticantes de hiking em Mürren
Para chegar até Mürren, fomos de carro até Stelcherberg e de lá tomamos dois cables: o primeiro até Gimmelwald e o outro até Mürren. Nós optamos por comprar um bilhete só de ida. A volta fizemos caminhando de Mürren até o vilarejo Gimmelwald (que também é lindo e merece um  post a parte), em uma caminhada de aproximadamente 40 minutos. De Mürren tomamos um outro cable até Stelcherberg.

Mürren (como eu já citei acima) junto com Grimmelwald, fazem parte da cadeia alpina de Interlaken e a partir destes vilarejos é possível chegar a Schilthorn - Piz Glória, onde foi rodado parte do filme "James Bond, a serviço secreto de sua majestade". A região se tornou ainda mais conhecida e famosa em parte, por causa desse filme.



E assim foi mais um final de semana de tempo bom aqui na Suíça. Sempre que possível tento aproveitar ao máximo finais de semana assim, porque dias quentes e ensolarados são raros por aqui. Até a próxima!
Continue lendo ››

4.8.16

A estátua viva e o meu mico

Quem nunca se deparou com essas estátuas pelas ruas da cidade? Elas são tão reais que as vezes eu mesmo custo a perceber que elas não são de verdade.

As estátuas vivas começaram como performance artística no teatro da Grécia antiga. E foi essa expressão artística que originou o teatro como ele é conhecido até hoje.

Normalmente é possível perceber quando se trata de uma estátua viva, porque ao redor dela, as pessoas se amontoam e ficam esperando para ver o próximo movimento da estátua.

Um dia, estava eu, na cidade francesa de Chamonix Mont Blanc, um lugar que eu adoro e sempre tenho vontade de voltar. Neste dia eu estava voltando de um hiking nas montanhas e eu acho que os meus níveis de endorfina deviam estar altíssimos, rs... porque, na empolgação, eu corri para tirar uma foto com uma estátua que eu achei bonita e eu não desconfiei que se tratava de uma estátua viva. 

A linda cidade de Chamonix Mont Blanc. Abaixo, estátuas de bronze no centro da cidade.

Quando eu cheguei até a estátua eu cruzei meus braços no dela para fazer uma foto, quando, de repente, ela começou a se inclinar. Até ai eu lerda AINDA não tinha me tocado que a estátua era uma pessoa. Olha que mico. Eu jurava que tinha danificado um patrimônio público.

O maior mico da minha vida, haha
Eu só me toquei quando vi que algumas pessoas pararam para nos olhar. Eu fiquei com tanta, mas tanta vergonha, que eu comecei a pedir desculpas (em todas as linguas que eu conhecia) para a estátua. O rapaz, não disse nada, porque estátuas vivas não falam! Mas percebeu que eu estava muito, muito envergonhada. Mas, passado o meu vexame, rimos e fizemos uma foto juntos!


O meu marido, que é um cara muito legal, tinha percebido antes que se tratava de uma estátua viva, mas não me disse nada. Preferiu ficar de longe, fotografando o meu mico. Fotos essas que ficarão guardadas para a posteridade.

Depois dessa, eu fiquei um tempão sem querer tirar foto com estátua nenhuma.

E vocês, tem algum mico de viagem, ou algo assim, pra contar? Vou gostar de saber que não sou a única a pagar mico! hehe

Continue lendo ››

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...