9.10.15

Comer, essen, mangiare, manger

Enquanto eu não termino o segundo post sobre a viagem para a Andaluzia, deixa eu escrever sobre um outro prazer, além de viajar, que eu gosto muito: comer, um dos prazeres da vida que eu adoro!! Comer é bom, muito bom. Nem consigo me imaginar privada de poder comer as coisas que eu gosto. Nossa, só de pensar em comida, até salivo.

Eu acabo nem escrevendo tanto assim aqui sobre comida, mas que eu gosto de comer, ah, eu gosto, rs... E em alimentação é uma coisa que eu não tenho dó de gastar dinheiro. Se eu estou com vontade de comer determinada coisa, e tiver com o dinheiro, compro, sem exitar!

Também quando eu viajo, ou estou planejando ir para algum lugar, uma das primeiras coisas que eu pesquiso é a comida do local! Já saio de casa salivando! Dependendo do restaurante e se ele está muito lotado, fico com um pouco de vergonha de ficar fotografando os pratos (rs) por isso acabo não tendo muitas fotos de pratos provados em viagens....

Francesinha e peixe na brasa: pratos típicos da cidade do Porto e de Málaga
Já escrevi neste blog que foi morando na Suíça que me "descobri" na cozinha, afinal, aqui a gente tem que se virar em tudo! Lugares onde você possa comprar comida pronta (como as rotisseries de São Paulo, ou aquela padaria que venda aquele franguinho assado aos domingos hummm, por exemplo) são raros por aqui, e que abram aos domingos, mais ainda. Embora nos supermercados haja uma boa oferta de comidas semi-prontas, quando eu comecei mesmo a cozinhar "pra valer", eu fui estranhando cada vez mais os sabores deste tipo de comida e agora só compro mesmo em emergências.

A Comida thai,é um tipo de culinária muito apreciada aqui na Suíça.
Abaixo, um pouco da preparação - que é super fácil - e o prato servido em casa!

Nada como você preparar um prato saboroso, com ingredientes frescos e naturais, sabendo exatamente o que foi utilizado. Dá trabalho? As vezes! Mas nada que com um pouco de organização e iniciativa, não dê pra fazer e incluir na rotina!
Meu tempero caseiro para o dia a dia: alho, cebola, azeite, sal,
salsinha e cebolinha.
Lembro que no começo da minha vida aqui eu adorava ir ao supermercado e ficar lendo as embalagens (aqui muitas embalagens de produtos vêem escritas nos três idiomas oficiais da Suíça: alemão, francês e italiano), e graças a semelhança do português com algumas palavras francesas e italianas, eu me salvava na hora das compras.

Embalagem de queijo ralado com a descrição do produto
nos idiomas alemão, francês e italiano
Com isso fui aprendendo, errando e, por fim, cozinhando um pouquinho melhor a cada dia.

Por causa do friozinho do outono, essa semana fiz caldo verde.
Receita do blog Panelaterapia
Hoje em dia eu já inovo bastante na cozinha e vou experimentando e fazendo pratos novos e diferentes pra mim. Também aprendi muito e me inspiro em sites do Brasil, da Suíça e da Alemanha que ensinam pratos e doces diferentes. Eu adoro!!

Os blogs de culinária da Suíça e da Alemanha que eu mais gosto, respectivamente, são os blogs Sweethome, da Marianne Kohler (além de culinária tem muita coisa de decoração) e o Sasibella, da Sandy (com doces e bolos incríveis).


Bolo de Limão com Mirtilos e framboesas coberto com queijo fresco, receita do blog da Sassibella

Já no Brasil sou fã da Rita Lobo e gosto do blog panelinha, além do site UOL de receitas, do site da Tati, o Panelaterapia, entre outros. 

Bolo de chocolate com ganache de chocolate e laranja. Receita da Rita Lobo
Hummmm deixa eu parar de escrever este post que já está me dando fome!!!

"Pacabá": bolo de cenoura com calda de chocolate.
E vocês, o que vão cozinhar de bom para este final de semana? Gostam de cozinhar, cozinham por obrigação, ou empurram isso, literalmente, com a barriga, rs... ?

Um final de semana apetitoso pra vocês!!

13 comentários:

  1. Ha ha ha, alem de viajar e dormir, eu gosto muito de comer tambem...rsrs. Eu admiro muito pessoas que gostam de cozinhar, mas eu sou fa da cozinha nao...rsrs. Mas desde que mudei pra ca eu tenho sofrido muito por causa das comidas (muita quimica usada) e tenho que preparar meus pratos se nao quiser ficar morrendo de dor no estomago. Entao apesar de nao ser boa cozinheira, eu ate que me viro bem na cozinha =) Nesse final de semana vou preparar tabule e kibe =) Eu amo kibe, e aprendi uma receita pra fazer no forno, que e uma gostosura e facinho de fazer. So nao sei se vou fazer uma mesa assim tao bonita quanto a sua, pois quando lembro do trabalho pra guardar e lavar tudo ja canso...rs.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu aprendi a gostar de cozinhar, se bem que tem épocas que não estou a fim de fazer nada diferente na cozinha. O verão é uma dessas épocas, porque se está muito quente, não tenho muita fome e nem dá vontade de usar forno ou fogão por muito tempo e gerar ainda mais calor dentro de casa, rs..
      Obrigada, mas a arrumação da mesa está bem simples, rs... tb gosto de comer em uma mesa arrumadinha, rs.. Bjs

      Excluir
  2. Ah Sandra, quisera eu me descobrir cozinheira algum dia ... Como você é prendada, parabéns!!! Cozinho muito pouco e nem sempre gosto da minha comida!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sou A cozinheira, mas me esforço...rs... e aprendi que não precisa ser complicado e nem difícil cozinhar, tem pratos simples que são deliciosos e fáceis de fazer!

      Excluir
  3. Assim como você, a comida também é muito importante na minha vida e agradeço todos os dias por poder comer o que como (com tanta gente passando necessidade), e além de uns quilinhos extras, posso ainda comer o que tenho vontade. Quando viajo para mim a gastronomia local jah é uma viagem em si!!! Pesquiso tudo, as vezes até o restaurante, e fico sonhando com a comida. Assim como visitar pontos turisticos e conhecer novas culturas, viajar para mim também significa se aventurar em outros tipos de comida, e fico muito contente quando descubro algo novo!
    Também gosto muito de morar em Paris e poder provar cozinhas do mundo inteiro aqui representadas.
    P.S.: suas aventuras culinarias estão muito apetitozas, também me deu fome!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também viajo, literalmente, nos sabores! Adoro provar pratos novos e aqui eu acho muito fácil cozinhar e fazer pratos de diferentes cozinhas. Quando eu posso, também gosto de conhecer restaurantes novos por aqui e quando viajo pesquiso bastante o que comer, hehehe. Tenho alma glutona!
      Bjs

      Excluir
  4. Oi Sandra gostei do post e gostaria de saber a sua receita para esse tempero caseiro, gostaria muito de tentar fazer.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rita! Faça sim, vale a pena, porque otimiza muito o tempo gasto na cozinha, além do que eu sempre faço vários potinhos e congelo. A receita que faço é essa:
      3 cebolas médias
      2 dentes de alho
      2 colheres de sopa de sal (o sal é mesmo pra conservar o tempero, você pode usar menos se quiser e ai você corrige no cozimento)
      1 maço de cheiro verde (cebolinha, salsinha, ou outra erva da sua preferência)
      1 xicara (café) de azeite de oliva (ou óleo da sua preferência)
      Depois é só processar tudo no liquidificador e colocar em potes de vidro.
      Fácil e prático.
      Boa sorte!!

      Excluir
  5. Hab' ich gerade. Gegessen. Zu Mittag.

    Zum Glück. Denn vieles, was du da zeigst, kann ich mit meiner Laktoseintoleranz und Weizenunverträglichkeit gar nicht erst essen. Ist aber überhaupt kein Problem für mich - und hilft mir auch, fit und schlank zu bleiben, weil ich vieles erst gar nicht essen muss.

    Trotzdm noch guten Appetit auf die vielen leckeren Sachen!!!

    Gruß, Uwe.

    ResponderExcluir
  6. By the way: Hast du gewusst, Sandra, dass Márcia Cobar geheiratet hatteß Vor zehr Stunden hat sie zahlreiche Fotos von ihrer Hochzeit auf ihren Blog gestellt...
    http://apaisagemdosdias.blogspot.de/2015/10/o-dia-do-nosso-casamento-our-wedding-day.html
    Gruß, Uwe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja! Ich habe schon ihre post gelesen. Was für eine wunderbare Hochzeit!! Oder?! LG

      Excluir
  7. Tem dias que eu tô inspirada é é muito bom ir pra cozinha. Minha maior alegria é achar aquelas receitas práticas, rápidas, com ingredientes até simples mas com aquele detalhe de um tempero que faz toda a diferença e transforma o prato em algo elaborado. Só pra ilustrar, uma carne de panela com tomilho e cerveja bok...ficou alucinante rs E sim, comer é tudo de bom e vale sempre a máxima de não existe comida ruim, o que existe é comida mal temperada! rs

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...