30.9.14

Um perfume, uma lembrança

Definitivamente eu não sou uma pessoa de um perfume só. Claro que eu tenho os meus favoritos, mas não sou aquela pessoa que usa um perfume para a vida toda, ou pelo menos o mesmo por anos a fio.

Meu amor atual é pelo Chopard Brillant Wish (adoro ele no outono-inverno) e pelo J'adore (que eu já acabei com um vidro grande inteiro e quero comprar outro, mas estou esperando encontrá-lo em alguma promo, hehe), que eu acho que combina tanto no verão quanto no inverno.





Fora esses, tenho alguns que eu gosto muito de usar no verão, como o Acqua Di Gió (que eu amo) e um que eu comprei no início do verão, o Jour d' Hermés, que é uma delícia, mas que eu usei pouquíssimo, afinal tivemos poucos dias realmente quentes.




No Brasil eu geralmente tinha dois ou três frascos, no máximo, de perfumes, que eu ia alternando e usando conforme o meu humor. Aqui, bem... aqui..., perfume é muito mais acessível, então dá pra comprar sem sustos e sem comprometer o orçamento. Mas, ainda assim, eu me contenho.

A maioria dos meus perfumes estão em frascos de 30 ml. Eu prefiro assim porque eu acho que é melhor para alternar com os outros, não dá tempo de enjoar e só quando eu gosto muito (caso do Jadore e do Acqua di Gió) eu compro em frascos maiores.

Dar perfume de presente também pode ser arriscado se você não conhecer bem a pessoa. Eu só arrisco isso com as minhas irmãs, mas com elas tenho a liberdade de dizer que elas podem trocar o perfume umas com as outras, se não gostarem do aroma ou se gostarem mais de um do que do outro. Enfim, liberdades que você tem com a família.

Olfato é mesmo uma coisa engraçada. Há anosss atrás eu usei um perfume chamado Volupté do Oscar de La Renta. Lembro que eu o experimentei em uma loja de shopping e fiquei apaixonada pelo perfume dele. Passado um tempo, comprei um frasco médio, acho que de 50 ml e usei até o fim! Eu simplesmente adorava aquele cheiro.

Já te amei, hoje não mais :-(.

Depois disso, usei muitos outros perfumes e nunca mais vi, ou me interessei, por ter de novo o Volupté. Até que alguns meses atrás, navegando em um site de compras, dei de cara com este perfume!! Quase não acreditei que ele ainda existia, e melhor, estava por um preço super amigo. Não pensei duas vezes e comprei!

Eu não entendo muito de notas de perfume e tal, só sei bem quando é cítrico ou floral,rs... mas não reconheço em profundidade as notas. Para efeito de reconhecimento "olfatístico", o Volupté está descrito como sendo um perfume com uma fragância marcante floral oriental, com notas de melão, tangerina, cravo, lírio do vale e jasmim, acompanhado por um buquê de incenso e âmbar.

Dito isso, qual foi a minha surpresa (e até decepção) quando abri o perfume e o cheirei... ele simplesmente não tinha mais aquele perfume que eu adorava. Sei lá porque, não consegui mais gostar do cheiro dele. Até me surpreendi de como um dia pude gostar de um perfume assim! Achei forte e adocicado demais. Percebi que assim como o olfato, o paladar e os nossos gostos também mudam com o passar do tempo...

Para perfume não me peçam fidelidade.

E você, gosta de perfume, tem algum favorito? Conta pra mim, vai!

15 comentários:

  1. oi Sandroca

    Acqua Di Gio, saiu de linha não encontro mais essa embalagem aqui.
    Ainda tenho o meu, mas o que lançaram o vidrinho é diferente, acredito que o cheirinho tb seja.
    Tenho o Jadore também.
    E não gosto de usar um só, tudo vai do meu estado de espírito rs..

    bjokas =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bell, aqui ainda tem o Acqua Di Gió. O outro que lançaram chama Acqua Di Gióia, a embalagem é diferente e o cheiro também. Eu continuo preferindo o primeiro. E o Jadore é um clássico né?! Bjsss

      Excluir
  2. Também vario os perfumes,mas tem um que sempre compro pois adoro: Light Blue da Dolce&Gabbana, acho fresco,cítrico,nunca enjôo desse...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já vi esse perfume, mas nunca experimentei. Da próxima vez que eu passar por uma perfumaria vou testar. Adoro perfumes cítricos!

      Excluir
  3. Eu praticamente não uso perfume. Tem um ou outro que gosto, normalmente os mais cítricos, mas dou preferencia mesmo a um hidratante que já tenha um cheirinho e isso pra mim está de ótimo tamanho. Acho que nunca terminei um frasco, nem dos pequenos... ehhehhe...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu uso hidratante também, mas prefiro os menos perfumados para não "brigar" com o cheiro do meu perfume! No dia a dia prefiro os perfumes mais leves também, embora aqui faça muito frio, então até dá pra usar um perfume mais marcante.

      Excluir
  4. A gente e igual no quesito perfume, eu sempre compro os pequenos, tenho varios de uma vez e to sempre comprando um diferente. Agora meu queridinho tem sido o 212 sexy um do Giogio Armani. Desde quando me mudei pra ca eu tenho usado muito os conjuntos de hidratante mais colonia, tenho testado varias marcas desde os famosos da Victoria Secrets, Bath body and works e Body work...ah tambem ganhei um hidratante da chanel que tem o perfume bem forte entao quando uso ele nao preciso passar mais nada. Agora que li o seu post, acho que meu proximo perfume vai ser esse da J`adore, eu adoro....rs.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai nos EUA deve ser um paraíso para perfumes, rs... Eu nunca compro esses conjuntos de perfumes+hidratantes, porque por aqui não tem tanta oferta deles. Os hidratantes da Victoria Secrets eu acho que mais perfumam do que hidratam, tenho essa impressão. Vou provar o 212 quando for a uma perfumaria :-).

      Excluir
  5. Eu tenho tanto perfume! No Brasil sempre usei varios mas sempre tinha (e ainda tenho o J'adore) aqui depois que eu comecei a trabalhar em loja de perfume a colecao aumento e desde que engravidei do primeiro filho nao consigo mais usa-los. Amo o Narciso Rodriguez, Coco Mademoiselle e o Chloe tambem, dificil pra mim fazer um top 10.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu trabalhasse em uma loja de perfume, iria com certeza ter muitos também, hahaha. Adoro!!
      Eu experimentei um perfume da Chloe mas não lembro qual.... é muita tentação :-).

      Excluir
  6. Eu fiquei muito tempo sendo de um perfume só. Era o J'adore e desde 2010 o meu oficial é da Guerlain, o Idylle. Sempre que vou sair, trabalhar, pra festa eu uso ele mesmo. Quando saio do banho e ainda não sei se vou sair de casa, uso algum da minha bandejinha: atualmente tenho o Daisy do marc jacobs, o nina da nina ricci e tres da harajuku lovers, amo todos. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, o Daisy do Marc Jacobs é bem cheiroso, eu já provei, mas acabei não comprando. Esses da Harajuku não conheço, vou dar uma "googleada".

      Excluir
  7. Dos teus, vou procurar conhecer "Chopard Brilhant Wish" . Cheiro é algo que me marca muito, sempre ligo à momentos vividos. Nunca consigo usar um perfume que me traga lembranças de momentos tristes, ou que tenha me causado enxaqueca. Quem tem enxaqueca, sabe bem o que é isso. Tbém vario mto de perfume, mas tenho preferencia acentuada pela linha Cartier. Abraços Raquel superlinda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, cheiros também me rementem a momentos, tem aromas que marcam muito e fica difícil não associá-los a bons ou mau momentos.
      Eu nunca provei qualquer perfume da Cartier, olha só! Vou provar quando estiver na perfumaria!

      Excluir
  8. Fiquei muito curiosa em conhecer o j´adore... passa um comercial aqui desse perfume, me parece agradável.

    K!

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...