14.7.14

As frutas na Suíça

Vira e mexe quando conversava com amigos ou família que moram no Brasil, alguém tinha a curiosidade de saber se na Suíça conseguimos encontrar as frutas que temos no Brasil.

Sim, hoje em dia na Suíça conseguimos encontrar uma boa variedade de frutas. A maioria chega aqui através de importação, seja dos países europeus, como a Itália e a Espanha, como dos "longíquos" países sulamericanos, como o Brasil ou a Colombia, por exemplo.


Frutas como a maça, o morango e os pessegos por exemplo, são em grande maioria cultivados na Suíça e sempre tem um aviso nomeando que aquela fruta vem de tal região da Suíça. Existe também muito incentivo para que as pessoas deem mais preferência ao consumo das frutas da região.



Os suíços estão acostumados a conhecer todas as frutas da estação: morangos, amoras, framboesas em junho, pêssegos em agosto, mexericas em dezembro, e por ai vai...


Nos dois maiores supermercados da Suíça, o Migros e o COOP, é possível encontrar durante todo o ano, frutas tropicais como o maracujá, o abacaxi, a banana, a laranja e etc... além de kiwi, limão, abacate, mamão formosa e papaya (esses exclusivos do Brasil). Frutas como o maracujá, a manga e o abacaxi, por exemplo, são nomeadas como "exóticas" nas prateleiras dos supermercados.


Bananas, por exemplo não são vendidas por dúzias, como estamos acostumados no Brasil, mas por kilo. Você pega quantas unidades quiser, põe na sacolinha e você mesma pesa na balança que fica na seção de frutas. Não tem um funcionário para fazer isso por você. Frutas como a manga e o mamão, por exemplo, são vendidos por unidade (Stück em alemão). Não se engane :-).


Normalmente cada fruta vem descrita com um número e na balança você deve digitar esse número para que obtenha o preço da sua fruta.

Aos poucos fui aprendendo que as frutas são mais saborosas e custam menos na época certa. Agora por exemplo é a época dos melões, melancias e cerejas! Que delícia!!


Passo o verão inteiro comendo melões, rs...


Além das frutas vendidas nos supermercados e em algumas quitandas (principalmente de turcos), existem fazendas que abrem no verão para a "selbst pflücken", que significa que você mesma irá colher direto do pé, as frutas que você quer comprar. 

A diferença é que na maioria das vezes, principalmente aos finais de semana, não haverá um funcionário no local para receber o dinheiro das frutas que você colheu. Tudo funciona na base da confiança e da honestidade: você mesma colhe as suas frutas e deixa o dinheiro em uma caixa que fica no local para o recolhimento do pagamento.

Eu não encontrei nenhuma foto do sistema de caixa da colheita de frutas, entretanto esse esquema também funciona para a compra/colheita de flores. Você corta as flores que vai querer e deixa o dinheiro por cada flor que colher no caixa.


Na cidadezinha alemã de Endingen: caixa para o pagto das flores colhidas


Eu acho tudo isso tão civilizado!

12 comentários:

  1. Que legal amiga, vejo que se adaptou muito bem ai.
    Sdd imensa de vc

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse sistema dai, aqui nao tem nada parecido...Aqui e possivel achar frutas o ano inteiro de tudo quanto e parte do mundo, mas os precos sao super altos, a vantagem e comprar frutas das estacoes mesmo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Uma fruta é sempre bom e tenho o habito de comprar sempre: Laranja, banana, maça, mamao, mexirica e melao sapo.
    De vez enquando (depende do preço) : Morango, uva e manga.

    Queria saber como uma fruta feita no Brasil consigue chegar bem ai na suiça...

    E eu mesmo pesar e colocar a etiqueta? Irei estranhar no começo...

    E sobre a coisa de vc deixar o dinheiro do servico, um programa de TV fez no Rio e de 5 pessoas uma pessoa pegou o dinheiro da caixa. (acho que foi isso)

    ResponderExcluir
  4. Adoro esse sistema dos suíços de colocarem as plaquinhas anunciando os produtos da região. Acredito que em algumas regiões da Alemanha também se faça isso, mas em Hamburg eu nunca vi.
    E fruta da estação é sempre mais gostosa, difícil é lembrar... Quero fazer uma listinha pra colocar na minha cozinha quando eu tiver, aí com o tempo a gente vai memorizando...

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Sandrinha!
    Aqui em Londres, tambem encontro frutas tropicais, mamao papaya importado do Brasil, ou Jamaica, Abacate do Chile rsrs acho que era Chile, manga tambem do Brasil ou de algum lugar do caribe, como o abacaxi por exemplo. Olha, mas nada melhor do que provar a fruta tropical em um pais tropical ne, ja notei que mesmo tendo vindo do Brasil, o sabor muda bem, uma pena, mas pelo menos da uma enganadinha no estomago e saudade ;-) Fica bem, xxx

    ResponderExcluir
  6. Oi Sandra! Na Suécia também é assim, excepto a caixinha para deixar o dinheiro... acho o cúmulo da confiança! Beijos e espero que esteja tudo bem por aí! :)

    ResponderExcluir
  7. Manga é fruta exótica? Rs. Mas realmente, meu namorado conta que comeu manga pela primeira vez aos 23 anos, ou algo assim. Eu nasci com pés de manga por toda parte.
    Ótimo post, Sandra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que saudades das cerejas fresquinhas que tinha na Alemanha, bem como essas da tua foto! Uma delícia.
    E acho muito civilizado isso de cada um pesar suas proprias frutas, tudo na base da confiança óbvia que deveria existir em qualquer relação de consumo. Ah o primeiro mundo!

    ResponderExcluir
  9. Colocar o dinheiro na caixinha, na confiança. É isso que me encanta neste "Admirável mundo velho". No Brasil temos frutas maravilhosas, mas a tal da cereja natural não existe e não existe nada parecido. Um grande abraço Sandra.

    ResponderExcluir
  10. Aqui em Dortmund, também encontramos frutas variadas, de diversos países, inclusive dos asiáticos. Também pesamos e etiquetamos o que compramos, mas o sabor de cada fruta, fica sempre a desejar, uma vez que elas sao colhidas previamente e amadurecem nos containers de viagem...quanto ao "selbst flücken", também se faz e é quase que um "esporte nacional" a família inteira ir ao campo colher morangos, aspargos, cogumelos ou mesmo flores; apenas nao vi ainda esse pagamento espontaneo(sem atendente)...

    ResponderExcluir
  11. Oi Sandra,
    vielen Dank für deinen lieben Kommentar unter meinem letzten "Wiesenblumen-Post".
    Wie geht es dir? Ich denke, dass du, wie viele deiner Landsleute, zur Fröhlichkeit und Lebensfreude zurückgefunden hast und wie Phönix aus der Asche emporsteigst, um nach vorne zu schauen!
    Die Farbe ist auf jeden Fall bereits wieder in deinen Blog zurückgekehrt. Avocados und Mangos gab es bei uns auch am Wochenende - und viele andere der leckeren Frücke und Gemüse ebenfalls. Samstag Abend hatten wir dedämpfte Artischocken - mit einem lecken Dip haben wir Blatt für Blatt 'abgezutzelt' und genossen!
    Gruß aus Deutschland, Uwe.

    ResponderExcluir
  12. Que legal!!! Gostei bastante do post :)

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...