29.6.14

Dolceacqua e Apricale, dois vilarejos medievais na Ligúria

Eu simplesmente adoro visitar e conhecer cidadezinhas medievais. Acho que por não termos tido um passado medieval no Brasil, sempre fico encantada quando tenho a chance de conhecer um lugar assim.

Recentemente tive a oportunidade de conhecer dois vilarejos medievais, que continuam resistindo ao tempo, localizados na região da Ligúria, na Itália.

A Ligúria é uma região a noroeste da Itália, muito famosa especialmente pelo seu litoral, conhecido como Riviera Italiana. O litoral de lá também me fascinou, mas talvez escreva mais sobre ele em outro post. Hoje quero falar desses dois pueblitos, que me encantaram.


Um dos vilarejos/cidade que conheci foi Dolceacqua, que é a cidade medieval mais importante do Vale do Nervia, região da Ligúria. A cidade é composta por duas aldeias: o centro antigo, chamado de "Terra" e o "Borgo", ambos são ligados por uma ponte medieval feita de pedra jubarte.



Na parte antiga da cidade está o Castelo Doria, que pode ser alcançado caminhando pelas ruazinhas estreitas e pitorescas da cidade. Não chegamos a subir até o castelo, porque estava fechado. Uma pena!








O castelo data do século 11 e assim como muitas outras vilas da região, Dolceacqua foi uma aldeia fortificada com um castelo principal e com muralhas ao redor para proteger a vila de invasões. O castelo foi passado de mão em mão ao longo dos séculos e por isso foi reformado e transformado inúmeras vezes.


O que sempre me impressiona é o fato de ter gente ainda morando em um lugar como esse, pois tudo parece tão distante da realidade lá fora... Ou será que nós é que estamos tão distantes da realidades deles?

A vila não tem mais do que 2.000 habitantes, muitos vivem do turismo, embora a única atração da cidadezinha, além da arquitetura, seja o castelo, alguns comércios de artesanatos, produtos locais como azeite e vinho, que são encontrados na região.

Hora do recreio em Dolceacqua


Monet, já havia se encantado com a cidade de Dolceacqua, tanto que em 1884, retratou a ponte medieval da cidade no quadro "Jóia de Leveza".



A outra cidadezinha medieval que visitamos e que fica somente a alguns poucos kilômetros de Dolceacqua foi a vila de Apricale.

Vilarejo de Apricale
Apricale deriva de "Apricus", que significa "exposta ao sol". A cidade foi erguida em uma colina e está localizada a poucos quilômetros da costa italiana e não muito longe das praias da Cote D' azur.

A cidade de tão pitoresca que é, parece que estava escondida em algum do passado e que parou no tempo.








A impressão que dá, é que em algum momento, de alguma dessas ruelas sairá um cavaleiro medieval, vestido com uma armadura de ferro e montado em seu cavalo!


 A cidade em si está muito bem preservada e conta com um centro histórico bem interessante que se alterna em abrigar festivais culturais, exposições de arte, festivais e etc... com a vida cotidiana da população.


A vila também é conhecida pelos murais originais e afrescos de artistas modernos. Caminhando pelas ruazinhas de lá, vira e mexe a gente se depara também com algum atelier de pintura...


 e restaurantezinhos escondidos por entre as ruelas da cidade e que servem uma comida maravilhosa, atraindo turistas de todas as partes, em busca dos sabores da Ligúria! Aliás, comida na Itália, merece um capítulo a parte, porque eu estou pra conhecer melhor país para se comer e beber bem como lá!


Enfim, adorei conhecer esses dois lugarzinhos pra fugir um pouco do "pacotão" turístico, rs... embora tudo lá de tão rústico que é, fica difícil acreditar que lugares assim existem e não são construções de cenários de um filme.

10 comentários:

  1. Adorei conhecer essas cidades, e voce tem toda razao parece que pararam no tempo. As vezes e dificil acreditar que lugares assim ainda existam ne, e tao bonito e bucolico.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Sandra tbem fico encantada com essas cidades medievais e acho que não é só porque aqui no Brasil, nós temos. As contruções são muito especiais ao mesmo tempo que intrigantes se imaginarmos como eram calculados o material e permanecerem de pé até os dias de hoje. Olhe só a limpeza dessas ruas que mais parecem corredores, é espetacular. Itália, como não amar. Abraços. Raquel superlinda.com


    ResponderExcluir
  3. Que charmes de cidades! É impressionantes ver que tem pessoas que ainda vivem nesses lugares que pararm no tempo. Adorei as ruas estreitas!
    Faltou sair o cavaleiro com armadura pra avisar que o castelo estava fechado hehehe.
    beijos

    ResponderExcluir
  4. Ahhh,que lugares encantadores,eu tb fiquei espiando aquelas ruelas estreitas imaginando um cavaleiro medieval passando por ali...

    ResponderExcluir
  5. Dois lugares lindos! Tb acho que a gente se encanta assim por não ter nada parecido no Brasil, eu qdo vejo um castelo, uma fortificação tb fico babando!

    ResponderExcluir
  6. Essas coisas grandes feitas de pedra e são milenares...

    Interessante.

    ResponderExcluir
  7. Cidades mediavais são para mim :) Fico louca com essas ruazinhas!

    ResponderExcluir
  8. Gente, que lugares lindos!!! Sério, estou encantada, tem uns 20 minutos que estou aqui admirando as fotos, olhando os detalhes... amei, Sandra!

    beijos :)

    ResponderExcluir
  9. Que encanto esses lugares. Cada foto, cada rua. Divino.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Sandra! Tudo bem? :D
    Eu também sou apaixonada por cidades medievais, desde que conheci Toledo, na Espanha (até escrevi um post recente sobre). Mas sabe que eu nunca tinha pensado nessa perspectiva de ser porque nós, brasileiros, não temos um passado dessa época? Muito boa sua reflexão!
    Os lugares são belíssimos, eu adorei as fotos e deu vontade de conhecê-los - adoro lugares menos "turispop". Sempre que vou a alguma cidade eu quero ter contato com gente local e não navegar num mar de turistas (o que, às vezes, é bom também, vá lá... rs!).
    Beijoooos!
    M.
    CaseiComOMundo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...