15.10.13

Carne de caça: a comida do outono

Ano passado eu escrevi este post sobre o Outono na Suíça e mostrei resumidamente nele algumas comidas que vem com esta estação, entre elas, a carne de caça.

Antes de falar sobre a carne de caça, um dos seus acompanhamentos - de cheiro inconfundível - são as castanhas portuguesas - aqui chamadas de Maroni. O cheiro delas, quando tostadas, invadem as ruas dos centros das cidades suíças nesta época do ano. Elas acompanham muito bem alguns pratos desta estação e também são vendidas em barraquinhas. Sem dúvida, esse cheirinho é uma marca do Outono pelos lados de cá.




Heisse Maroni, compradas no supermercado e tostadas em casa e a barraquinha de Heisse Maroni
na estação central de trens de Zurique


Mas, a comida que algumas vezes gera polêmica, é a carne de caça. Muitos restaurantes, nesta época do ano, tem o "Herbst Menu" (Menu de Outono) cujos pratos são a base desta carne.

Geralmente as carnes são acompanhadas de spätzli (um tipo de massa, feita a base de ovos, sal e farinha, que eu não sei como eles fazem para ficar tão gostosa!!),  repolho roxo, algumas castanhas portuguesas, pera flambada ou frutinhas silvestres. Há também outras variações, dependendo do restaurante.

Normalmente as carnes de caça servidas são as de Rena, Javali ou Cervo. A caça é controlada e somente de setembro até meados de novembro, é possível comer a carne destas espécies.  Eu não tenho nenhum problema em comer carne de caça, pra mim, é como se fosse carne de vaca :-).

Então, neste final de semana, fomos fazer o ritual do outono e eu experimentei mais uma vez essa iguaria da estação. O prato escolhido desta vez foi o de carne de Javali (Wildsau).

Carne de javali ao molho de vinho, com Spätzli, repolho roxo, pera flambada e castanhas portuguesas.
Bom demais!!
Eu sei que muita gente critica a caça, mas ela também serve para o equilíbrio da fauna. Encontrei essa reportagem aqui, relatando que o Brasil autorizou a caça controlada do javali europeu para conter os danos à biodiversidade. Os javalis, segundo os biólogos do Ibama, estão se proliferando rapidamente em várias regiões do país, destruindo plantações e atacando ovos de espécies em extinção.

Vi uma reportagem esses dias mostrando que no cantão de Genebra (a parte francesa da Suíça), a caça desses bichinhos é proibida. Os animais então foram percebendo que do lado suíço eles estariam protegidos e assim foram migrando da França, onde a caça é autorizada, para as florestas suíças. As autoridades de Genebra estão estudando o que fazer com eles :-).

Eu jamais caçaria. Tentei pescar somente uma vez na vida e, sinceramente, achei muito chato! Entretanto eu acho super interessante para o paladar e também para a cultura, conhecer outros sabores, outros temperos, e a variação do que o mundo animal tem para oferecer. Saber que você está provando uma refeição, que era consumida desde o período medieval, com uma carne de animais que foram encontrados na natureza, sem aditivos, como os das carnes comercializadas nos supermercados, é uma experiência única. Os vegetarianos que me perdoem!

26 comentários:

  1. Querida,eu que sou gaúcha e carnívora,lógico,me deletei com esse post...hehehe...e aquela massa, a Spatzl (perdoe meu pobre e errado alemão sem acentos)tb é feito aqui no RGS em vários restaurantes de origem alemã,amooooo!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Spätzli é tudo de bom mesmo!! Eu adoro, mas fazer em casa 'e um trabalhão e o de supermercado não é a mesma coisa :-(. Bjs

      Excluir
  2. Também não tenho nada contra o fato de ser "carne de caça" é uma questão de paladar, e se for boa, a gente come. Essas castanhas, encontramos aqui no Brasil mas não é hábito nem comum comê-las, Eu mesma nunca comi, mas é obrigada ser uma delícia. Se eu estive aí, certamente iria comer este prato. Deu água na boca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É porque tem gente que não come caça por causa do animal, ficam com dó, mas sendo a caça respeitosa e controlada não vejo problema algum. Entáo, essas castanhas eu já tinha visto no Brasil, mas lá nem cheguei a provar eu acho. Aqui é muito comum no outono/inverno.

      Excluir
  3. Agora estou matando a minha curiosidade sobre a carne de caça.
    Não sou vegetariana, mas acho que nunca tive coragem de comer, justamente por ficar com dó dos bichinhos. E a única vez que pesquei na vida, jurei que nunca mais faria isso, pois não consegui comer o peixe.
    Mas olhando as fotos fiquei com vontade de experimentar, desde que eu vá no restaurante e que o prato já venha todo bonitinho. Acho que dessa vez vou tentar experimentar aqui em Stockholm.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O segredo então é você não caçar a sua própria comida, rs...
      O comentário do anônimo abaixo, me fez ter uma outra visão da caça. Bjs

      Excluir
  4. Eu gosto muito! E sou super favor de como a caça é feita pelos lados de cá, controlada e rigorosa. Aqui no mercado eu gosto de comprar uma linguiça que vende que é feita de caça ( um animal entre rena e veado que eu não sei o nome em português rs mas é com galhas na cabeça hahah) o sabor é mais rico e tem pouquíssima gordura. Gosto muito tb da aves, perdiz e faisão bem preparados me ganham o coração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, eu acho que este bicho com as galhas na cabeça é o cervo (que parece um tipo de veado). Perdiz eu acho que nunca provei. Já tem carne de caça semi pronta vendendo nos supermercados, mas nunca é igual a de um restaurante, né?! Bjs

      Excluir
  5. Por aqui já apareceu estas carnes especiais nos supermercados...parecem bem apetitosas mas engraçado que nunca me atraiu muito. Acho que comprei umas pouquíssimas vezes...mas agora tem umas receitinhas que de olhar dá mesmo água na boca, a começar pela foto no post hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tomei gosto da carne de caça, por causa do meu marido, que tem que comê-la todo outono, rs... já virou ritual aqui em casa. Bjs

      Excluir
  6. Fiquei impressionada com a inteligência dos javalis :-) migrando da Franca para a Suíça para ficarem protegidos . Fica bem XXX

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que nestas florestas tem veadinhos, mas eles tb são bem inteligentes hein :-). Bjs

      Excluir
  7. Sandrinha,
    Quando a cabeça está aberta o paladar agradece. Acho válido experimentar, mesmo que seja para ter uma opinião fundamentada. E, a despeito de ter "dó" de alguns animais, eu experimento sim. Com a exceção do "fouis gras". Esse eu não consigo...
    Que os sabores do outono tragam muitas surpresas gustativas pra você!
    Se eu estivesse por aí, comeria cogumelos todos os dias ;)
    Bjo
    Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia, se a gente ficar com "dó", não comemos nem carne de vaca, rs... mas "fouis gras" eu nunca provei e nem tenho vontade, justamente por causa da crueldade que dizem que fazem com os ganzos :-(.
      Cogumelos não me atraem muito... então, deixo eles pra você :-))). Venha passear por aqui no outono ;). Bjs

      Excluir
  8. Até uns tempos atrás eu acharia comer carne de caça um gosto excêntrico e ficaria com pena dos animais. Mas como você disse que nesse caso ela ajuda a equilibrar a biodiversidade, então, tá valendo! : )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensemos no equílibrio da biodiversidade! rs.... Quando a caça é controlada dá pra comer sem "culpa". Bjs

      Excluir
  9. primeira vez no seu blog!
    entao, sinceramente, acho a caca controlada muito mais digna e respeitosa em relacao ao animal do que a carne que comemos com regularidade, aquela oriunda de criacao em escala industrial, com um monte de animais infelizes e sofrendo mesmo.
    Animais selvagens tem uma vida livre e feliz até serem cacados. Se todos tivessemos que cacar pra comer carne, pouca gente teria coragem de encarar. Por isso nao vejo problemas em carnes de caca.
    Essas carninhas ae com esse Spätzle nham nham nham
    Curti seu blog.
    Abraco
    J

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá J! Que ótima argumentação! Eu ainda não tinha pensado por este lado.Realmente se a gente pensar, por exemplo, como são transportados frangos, porcos e etc... para o abate, é bem mais cruel do que a caça dos animais silvestres.
      Obrigada pela visita! Abs

      Excluir
  10. Sandra, fiquei com muita vontade de provar seu prato e essas castanhas! Eu já comi carne de caça, veado e alce, mas não achei gostosa a de alce.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carne de alce eu nunca comi. Já provei de Javali e a de Cervo, que parece até um alce, eu sempre confundo, será que é a mesma coisa? Bjs

      Excluir
  11. Eu acho que pelas bandas o controle da caSSa são bem controlados e é importante tbm devido a cadeia alimentar. E u já comi alce e veado e adoro mas uma coisa que jamais toparia seria comer essas carnes malucar tipo de cobra e jacaré por exemplo rsrs.
    Bjokas e saudades

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Re, carne de cobra eu não como nem por decreto! Jacaré eu até encararia :-). Bjs

      Excluir
  12. Oi Sandrinha,
    eu sou das que come/prova sem pena! Não vejo problema nenhum em comer. Das que já provei, achei a grande maioria bem apetitosa. Acho que a única carne que jamais irei comer é a de cavalo!
    E os Maronis!!! Adoro! Não tem coisa que mais lembre o outono/primavera pra mim do que as castanhas. Todos os anos espero ansiosamente por elas! :) são uma delícia!
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, carne de cavalo eu também JAMAIS comeria, assim como carne de rã ou cobra, também não :-(.
      Maronis eu gosto, mas nâo consigo comer muitas, umas 4 ou 5 são suficientes para mim. Quando eu sinto o cheiro das castanhas, eu sei que o Outono chegou :-). Bjs

      Excluir
  13. Esse prato está com uma aparência ótima e como carne de caça aqui na Europa sem dó e piedade... Justamente pelos motivos que foram citados acima: controle e regulamentação. Bom, esse é um dos meus defeitos!

    ResponderExcluir
  14. Mesmo indo no outono, não me lembro desse prato... nem das castanhas. Acho até que posso ter sentido o cheiro, mas não vou lembrar... Eu tb não sou muito fã de carne, mas fiquei curiosa em experimentar esse prato.

    Kisu!

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...