23.8.13

Churrasco suíço

Há algumas semanas atrás fomos convidados para um churrasco na casa dos nossos vizinhos da frente. O convite também foi estendido para os outros vizinhos mais próximos e amigos e família dos anfitriões. Verão é a época de "grilliere" pelos lados de cá, e vira e mexe, as pessoas estão organizando churrascos, seja em parques, seja na varanda de casa, seja no quintal, à beira dos rios ou lagos, e por ai vai...



Fiquei pensando se aceitava ou não o convite, afinal até então, tinhamos tido pouco contato, mas por outro lado, se não aceitasse, o contato se tornaria cada vez mais e mais escasso. 

Para quem não sabe, aqui na Suíça, quando se é convidado para um churrasco, você deve levar a sua própria carne para assar. O dono da festa oferece a casa, o grill, as bebidas, as saladas, os pães e etc... mas cada um é o responsável pela sua picanha, carne. Além da carne, e para não chegar de mãos abanando, eu fiz um bolo de laranja e levei :-).


Eu já havia ido a outros churrascos por aqui, mas sempre haviam muitos estrangeiros (bastante brasileiros, para ser mais exata), mas desta vez o churrasco foi quase 100% suíço, rs... de estrangeiros, até onde eu soube, só haviam eu, a minha vizinha da Eslováquia e o outro vizinho da Escócia. As fotos não estão muito boas, porque fiquei com vergonha de ficar fazendo fotos e fiz estas pelo celular, meio que "escondida", rs...



Eu achei que o churrasco fosse ser meio "morno", mas para a minha surpresa, durou até altas horas e ia chegando cada vez mais gente. Teve vizinha bêbada contando piada, teve Schnapps (um tipo de aguardente), teve Schlager Musik (o equivalente a nossa música sertaneja), teve vizinho, que não foi convidado, ligando e pedindo para abaixar o som e por ai vai...rs...

Jetzt chame grilliere :-)



Eu adorei ter ido, porque pude "conhecer" um pouco mais de perto gente que eu só tinha contato através de um "Gruessi", ou de um "hallo", e eu pude constatar que teve mais gente simpática do que eu imaginei.


Eu já ouvi e li muitas críticas sobre a Suíça: que é chata, que é monótona, que não tem muita coisa pra fazer, que o povo é isso e aquilo e por ai vai... Eu não concordo. A Suíça pode não ser uma Las Vegas ou uma Nova Iorque, em termos de baladas e diversões até altas horas ... mas posso dizer, com toda a certeza, que aqui é um país lindo e com uma excelente qualidade de vida! Os suíços podem até demorar um pouco para estreitar um contato com você, mas quando isso acontece, você descobre pessoas inteligentíssimas e interessantíssimas, que já viveram experiências incríveis.

À primeira vista, os suíços podem até parecerem "monótonos" (e alguns são mesmo, rs...), mas a verdade é que aqui as pessoas são menos deslumbradas e mais difíceis de se deixarem impressionar com pouca coisa.  Aqui a gente aprende a ver além das aparências, pois as pessoas não ostentam o que tem. Elas preferem muito mais investir em um curso, em um instrumento musical, em uma viagem, em um hobby, do que, por exemplo, ter o carro do ano ou andar na última moda.

Claro que a Suíça não é um país perfeito, como qualquer outro. Mas no momento, é aqui que eu me sinto feliz.

E que venham outros churrascos :-).


18 comentários:

  1. Ah é sempre legal conhecer pessoas bacanas ainda mais na vizinhança! Eu tenho a imagem dos suíços serem na deles (como os ingleses) e da cidade ser mega limpa onde tudo funciona super bem. Morro de vontade de passear por ai e cada vez que eu vejo um post teu com fotos turísticas a vontade aumenta.

    E que o verão se prolonge pra que você tenha mais churrasco como esses (achei interessantíssimo que cada um leva a tua carne!)

    Beijao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu sou suspeita para falar, porque acho toda a Suíça simplesmente linda :-). Sim, os suíços são muito na deles e eu já me acostumei com esse jeito deles, pois não há intromissão na sua vida, já que eu detesto pessoas que querem ser suas"amigas" muito rápido ou ficarem intimas demais :-(. Bjs

      Excluir
  2. Sandroca,se essa moda pega aqui no Rio Grande do Sul, a terra do churrasco, eu juro que me mudo..rss...(tô me referindo a ter que levar a própria carne)-aqui,qdo.a gente convida,oferece quilosssssss de carne..(pq gaúcho fala mal se tem pouca carne) e se alguém trouxer a sua,é pq não confia no assador..ahahaha..como é bom conhecer costumes diferentes.Adorei as fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Madi, eu imagino que para um gaúcho esse sistema de churrasco seja uma afronta!, rs... Churrasco no Sul é coisa séria :-). No começo eu estranhei muito esse sistema, mas depois que eu vi o preço da carne, entendi melhor porque :-(. Bjs

      Excluir
  3. Chato? DE MANEIRA NENHUMA em caps lock mesmo. EU sou apaixonada pela Suíça! Lugar lindo demais. Tem mais é que aproveitar mesmo pra conhecer seus vizinhos. Aqui ainda não conheci ng, pq tb não tô saindo muito de casa rs... mas os ingleses são tão fechados quanto qualquer europeu, faz parte da cultura deles ou da nossa sermos muito anfitriões, rs

    Kisu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vizinhança aqui é relativamente nova e isso ajuda, porque ninguém ainda conhece todo mundo, então, a meu ver, fica mais fácil a interação. Tivemos sorte, pois eu não posso reclamar mesmo dos meus vizinhos! Bjs

      Excluir
  4. Que experiencia pode uma pessoa ter do lugar em que mora, se não conviver com as pessoas a sua volta. Fez muito bem em aceitar o convite. Mil vezes para mim morar na Suíça do que em Las Vegas. Adora a Europa e quanto mais organizado for o país mais eu admiro. Como não sou de ficar "pendurada" em "amigos" para me divertir, acho que uma certa distância garante o bom relacionamento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho que fizemos bem em aceitar o convite Raquel :-). As vezes nós mesmo é que nos fechamos para o "mundo" e depois ficamos procurando um culpado... Eu sou como você, não costumo ficar grudada em amigos, claro que adoro a cia deles, mas eu também aprecio MUITO a minha privacidade. Bjs

      Excluir
  5. Eu acho que é isso que vc falou, é monótono pra algumas pessoas porque ostentar não é o lema desta gente hahahah Eles são o que são e pronto, cada um no seu quadrado, simples assim. Que bom que foi aproveitar o churrasco, é legal e uma maneira que deixa as pessoas mais próximas, sem contar que é simpático o povo oferecer a casa pra reunir o people. Bom fim de semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... é cada um no seu quadrado mesmo, rs... como respondi acima para a Lisa, eu prefiro assim :-). Tb achei bem simpática a atitude da vizinha, fiquei até surpresa com o convite e vale muito ter ido. Bjs

      Excluir
  6. Nossa que legal, achei interessante essa ideia de cada um leva sua carne rs

    http://agorasouirish.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carne aqui custo bem caro, então se o dono for oferecer para todo mundo... já viu né!? Bjs

      Excluir
  7. :-) :-) :-) Oi Sandra! Mas eu ri tanto agora :-) e li (e assino em baixo) o comentário da Madi Muller, traduzi para o Mr. Frost pra ele entender a minha surpresa e decepção com o primeiro churrasco q fomos no inicio do verão :-) que o convite email pedia pra levar salada ou sobremesa + bebida. Ou seja, a dona inglesa ofereceu a carne + hambúrguer , e detalhe 1 de cada :-) :-) nem lingüiça tinha! :-) Churrasco assim to fora e Oh saudade de um verdadeiro churrasco. XXX

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahah.... aqui rola linguiça nos churrascos sim, eu levei a minha para garantir, rs... Neste churrasco que vc foi ai na Inglaterra, ela melhor a vizinha ter pedido para cada um levar a sua carne, kkkkkkkkkkkkk pelo menos você comeria quanto quisesse, rs... Eu tb sinto muita saudade de um bom churrasco, mas a gente vai levando com o que tem por aqui :-). Bjs e boa semana

      Excluir
  8. Que legal essas oportunidades que temos que nos integrarmos mais! Isso faz a gente se sentir ainda mais feliz no nosso lugarzinho. Eu nem mudei pra Fürth ainda mas já ficamos amigos dos vizinhos da frente e sempre que vou passar os finais de semana lá combinamos churrasco ou uma saída qualquer. E eu fico muito feliz por ter amigos nativos, não que eu não fique feliz em sair com amigos brasileiros, mas esse contato com o povo daqui é mais que importante pra minha adaptação aqui. Me faz sentir "home away from home". Acredito que o mesmo deva ser pra você!
    E o seu bolo fez sucesso?! Aposto que sim!
    Bom restinho de domingo e boa semana!
    beijinhos daqui de Tü,
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Ana, é assim que eu penso. Eu também tenho amigas brasileiras muito queridas por aqui, mas eu também sou aberta para o contato com os nativos ou outros estrangeiros . Tem gente que só reclama, reclama, praguejam contra os suíços, ou outros estrangeiros rs... mas tb não se importam em tentarem aprender o alemão (não o dialeto), para conseguir se integrarem :-(.
      Quanto ao bolo, outras pessoas tb levaram sobremesas e foi tudo posto em uma mesa, e eu nem sei se qual foi o fim dele, rs... a vizinha ainda não devolveu o prato do meu bolo, rs... Bjs e boa semana!!

      Excluir
  9. Tenho a sensação que o Europeu, de uma maneira geral, é assim.

    Nós, brasileiros, é que muitas vezes nos colocamos numa situação de "previamente desconfiados". No fim das contas, pessoas são pessoas. É uma questão de abordagem e ponto de vista.

    Bjos

    ResponderExcluir
  10. Eu sempre achei a Suica um pais lindo e depois de ler tanta gente falar sobre a importancia que eles dao pra educacao e a nao ostentacao de status eu passei a admirar ainda mais. Acho que essa questao de monotomia e muito relativo, por exemplo se voce vivem em NYC depois de um tempo pode acabar enjoando da cidade, ate algumas pessoas que conheco por aqui que amam uma balada depois de um tempo ficam meio cheias, acho que tudo na vida e fase e interesse, e gente chata e legal tem em todo lugar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...