4.1.13

Energias

Começa o ano e  muita gente inicia os seus rituais para recarregar as energias para o ano novo. Não faz muito tempo que eu comecei a me dar conta que existiam energias pesadas e negativas por ai... e ainda bem que energias boas também!

Tem gente que já nasce sensitiva, tem gente que precisa passar por certas experiências para se dar conta desse "outro mundo". Eu tenho uma amiga que sempre foi super sensível e intuitiva. Lembro que algumas vezes ela dizia; "nossa tal lugar é pesado, me senti até mal lá"... e eu estando no mesmo lugar não conseguia sentir nada errado. Tudo bem que podia ser até algo da cabeça dela, mas como já diz o ditado: no creo en las brujas pero que las hay, las hay.




A maior experiência de troca de energia que eu tive, foi quando trabalhei em um escritório em SP, com uma colega "carregada" e má! Sim, ela era má pessoa e foi extremamente complicado trabalhar com ela. Trabalhar com ela significava pisar em ovos, o dia todo, o tempo inteiro. Pra piorar,  na maioria das vezes nós duas trabalhávamos sozinhas, pois nossos chefes ficavam na matriz da empresa. O restante do pessoal que trabalhava conosco eram free lancers contratatados somente para projetos pontuais e podiam até trabalhar de casa. Ela era então, na maioria das vezes, a minha única "colega" de trabalho.

No dia em que eu consegui um novo emprego, dei um basta e pedi as contas, e foi libertador! Me lembro de ter saído do escritório e ao atravessar a avenida para tomar o metrô, senti algo que até hoje não consigo explicar... senti alguma coisa saindo do meu corpo, das minhas costas, naquele dia senti na pele o significado da expressão "tirar um peso das costas", e pela primeira vez, depois de muito tempo, me senti LEVE saindo do trabalho. É incrível como algumas pessoas são sugadoras de energia e todos nós somos sensitivos as energias ao nosso redor, nós somos um campo magnético e estamos envoltos em uma energia que vibra de acordo com ele. E o meu campo energético naquele lugar estava bemmm negativo. Até hoje não sei como consegui trabalhar com essa "colega".

Existem pessoas nocivas, existem pessoas más. Existem pessoas com as quais você não deve falar sobre os seus projetos, sobre as suas coisas. Por isso é tão importante estarmos em dia com a nossa espiritualidade, seja lá qual for a nossa fé, senão ficamos vulneráveis a esses vampiros.

Então taí: em 2013, "löschen" (delete) pessoas, coisas, tarefas, tudo aquilo que não mais te satisfaça, que não mais te faça feliz e que sugue as suas energias. Fica o desafio.

21 comentários:

  1. Não vou poder seguir a sua sugestão. Já fiz a minha faxina há muito, muito tempo...

    ResponderExcluir
  2. Sandra, que gostoso ver você aquí. Eu não sabia que estava com saudades, mas quando ví o seu blog apontar na minha tela, fiquei muito feliz.
    Adorei essa sua postagem e é até engraçado o esforço que eu fazia para ser sensitivo. Não me conformava de ver muitos amigos sentindo situações que imediatamente aconteciam e eu sempre sendo o "fio neutro", rs...rs. Ficava ansioso por me carregar e não conseguia, kkk!
    Então tive que passar por experiências como a sua para aprender a sentir as coisas. Eu trabalho com Assessoria em Informática, embora seja engenheiro mecânico da FEI. Bem, o meu contato direto com pessoas é muito grande e eu gosto disso. Tenho facilidade e sede de me comunicar. Adoro bater um "papão" daqueles que a gente esquece da vida.
    Antes de ter minha firminha de informática eu trabalhei em multinacionais na área de engenharia. Aprendi muito e por diversas vezes quando transferido de setor ou de firma sentí aquele peso saindo de mim, mas não sabia avaliar.
    Hoje quando algum cliente me chama, eu entro no escritório ou fábrica dele, começamos a conversar. Se me der um cansaço excessivo com sono ou eu não conseguir me concentrar na conversa, posso arrumar uma desculpa para passar o trabalho para outra pessoa. Nào sei explicar o porque, mas já tentei enfrentar e ver o que dava e tive até o pagamento de meus serviços (feitos em cheque) sustado. Como o cliente era grande até hoje nem me falaram o motivo de terem sustado. Então eu aprendi.
    Quando entro num lugar e sinto uma calma gostosa, posso fechar o negócio que vai dar tudo certo. Claro que não me considero sensitivo. Apenas alguma coisa me incomoda ou me fascina. Nada além disso.
    Essa postagem veio bem a calhar porque eu adoro entrar no seu blog. Não sei se você é uma pessoa calma, mas eu sinto aquela calma de ares de praia quando venho aqui ler suas postagens.
    (E não é cantada, não! rs...rs. É de coração mesmo).
    Um garnde abraço
    Manoel

    ResponderExcluir
  3. Eu chamo isso de vampirismo Sandra, tem pessoas que vem numa sede de energia que so estando muito positiva e equilibrada para poder driblar.
    Esse assunto e complexo pois muita gente nåo acredita e diz que isso nåo existe e tals, mas na minha opiniåo o ser humano e energia pura e pode sim derrubar e levantar nåo so aos outros como a si mesmo.
    Bjosss com mta energia positiva.

    ResponderExcluir
  4. Wow Sandra! Que post "forte"! Acho que precisava ler algo assim.
    Concordo com vc, energias devem ser levadas a sério.

    Feliz 2013! Aceitei o desafio!

    Beijo!
    xoxo

    ResponderExcluir
  5. Sandra amei seu post. Eu ja tive uma experiencia parecida e agora eu percebo o quanto e importante me cercar de pessoas boas e nao sugadoras e ter cuidado com o que eu falo ou o que exponho da minha vida por ai, porque tem gente que e complicado demais, ja tem uns meses que comecei a levar a serio em so manter na minha vida e por contato pessoas que acrescentam ou que nao sejam "complicadas" nao e facil mas to tentando e acho que tem dado resultado.
    Beijijnhos

    ResponderExcluir
  6. Sandra, que belo post. Hei-de voltar aqui e reler quando precisar. A questão das energias é algo a que eu deveria prestar mais atenção. Mas nos últimos anos tenho uma maior preocupação em não me tornar numa energia negativa para os outros quando estou cansada, triste ou de mau humor. Tento não contagiar as outras pessoas com isso. Acho que é um bom primeiro passo. Beijos e boa limpeza!

    ResponderExcluir
  7. Oi Sandra.
    É muito importante nos cercarmos de energia positiva para que nós mesmos possamos espalhar essa energia para os outros.
    Bjs.
    Elvira

    ResponderExcluir
  8. Sandra Parabéns pelo post, mto bom e totalmente certo!! Feliz 2013 cheio de energias positivas e quem sabe esse ano a gente não marca um café e se conhece pessoalmente, tb moro em Zürich, faz pouco tempo q conheci seu Blog e já estou seguindo. Bjs Thaísa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thaísa me deixe o seu email para fazermos contato.Abs!!

      Excluir
  9. O pior é qdo.,por força da profissão,temos de conviver com pessoas insuportáveis,pesadas,TODOS OS DIAS,sem chance de pedir uma transferência,rezando pra pessoa sair ou sairem com ela,pensando se não vale a pena pedir as contas como vc fez..hehehe..Nem sempre temos como nos proteger dessa sensação estranha,é dificil não se abater qdo.se convive com alguém assim por muito tempo..vampiros emocionais,alguém comentou aqui,e é verdade, eles existem mesmo!!!!

    ResponderExcluir
  10. É um baita desafio mesmo, Sandra!
    Imagino a sensação libertadora que foi pra você se livrar desse "encosto"... Precisamos ficar atentas, há tanta gente que suga nossa energia...
    Bjim e felicíssimo 2013!!!

    ResponderExcluir
  11. EU mega acredito nesse lance de energia, ameiiiiiiiii o texto super positivo.
    Obg tb pela visita, adorei viu?
    Um lindo 2013 pra vc bjs

    ResponderExcluir
  12. Não sei bem como isso funciona também, mas que tem gente que suga a gente, tem mesmo! E eu acho que infelizmente encontramos gente assim em todos os lugares... Temos que aprender a lidar ao longo da vida com todo tipo de situação, inclusive com essas!
    Beijinhos e bom 2013!

    ResponderExcluir
  13. Assim como vc eu tb tive que passar a régua em muito cidadão por aqui devido a mesma coisa.Não aguento mais gente que só reclama da vida, já que estou me cercando de pessoas positivas, às vezes me admiro como fiquei tanto tempo escutando aquele trolóló que não dava em nada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. E que venha muita energia positiva para você em todos os sentidos nessa ano novinho em folha que se inicia... :-) Boas vibraçoões e alegria total!!!

    ResponderExcluir
  15. Sandra, eu penso como vc sobre energias!! Sou mais ou menos como sua amiga, entro em lugares e me sinto esgotada, mesmo meu marido nao se sentindo desta forma. Conheco pessoas e nao consigo me entregar, pq sinto minha energia se esvair, e com outras me abro facilmente... Marido diz que sou louca, mas sempre acreditei em energia, e eu mesma qndo sei que estou "no lado negro da forca" evito me encontrar com pessoas. Espero que o seu 2013 tenha comecado abarrotado de energias positivas :) Bjsss

    ResponderExcluir
  16. Excelente, querida!! As pessoas podem pesar mais do que qualquer outra coisa. Que todas as ruins fiquem pra trás e não voltem mais pra perto de nós. Beijao e um ano bem leve pra voce!

    ResponderExcluir
  17. Sandra, sabe que passei pela mesma experiencia no Brasil?! Eu trabalhei com uma pessoa que me fazia choras todos os domingos a noite só pq na segunda era dia de voltar ao trabalho. Ela era mandona, gritava comigo, sem educacão. Oh my... Como eu sofri com aquela criatura. Também pedi minhas contas e foi um alivio.

    Não acredito em vibracoes negativas ou positivas... Mas acredito no poder da palavra e certas pessoas só usam a boca para jorrar palavras negativas e deprimentes para outras ou sobre tudo!

    Que 2013 só aparecam pessoas maravilhosas para completarem nossas vidas!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não cheguei a chorar por causa dela, mas ela era uma pessoa perigosa que queria sempre medir forças comigo.Quando consegui um outro emprego e pedi as contas foi realmente um alívio.

      Excluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...