29.8.12

Promoção de orquídeas

Eu gosto de flores, mas ultimamente tenho nutrido um amor especial por orquídeas. Desde que eu descobri em casa O lugar para as orquídeas e elas floriram - já tive orquídeas que depois que as flores cairam nunca mais floriram de novo - eu me empolguei e comprei mais uma e mais uma, especialmente porque estavam em promoção em um grande Garden Center que tem aqui perto.

Orquídeas são relativamente fáceis de cuidar, precisam de pouca água, pouco sol e uma vitamininha a cada quinze dias e só. Pena que a floração aconteça apenas uma vez por ano, mas, enquanto isso, vou admirando a beleza delas.


A orquídea branca que floriu há pouco tempo e
as outras duas orquídeas recém compradas

Tenho na pia do banheiro também uma mini orquídea
 
Em uma dessas promoções, quando estava escolhendo orquídeas para comprar, uma senhorinha que estava lá também, puxou um papo e me disse que eu não devia escolher as orquídeas pelas flores, mas sim pelas folhas, pois nelas é que você percebe a saúde da planta. Se as flores estiverem lindas, mas a folha estiver sem brilho, provavelmente será difícil que a orquídea dure. É que nem conhecer pessoas, você não pode julgá-las apenas pela aparência.

Ontem eu e marido fomos em um centro comercial aqui perto. Ele queria comprar alguma coisa para o carro e outros trecos de homem, rs... neste mesmo local também tem um Garden Center, mas como eu já havia comprado recentemente duas orquídeas normais e uma mini orquídea, não fui lá, fui para o outro lado do centro comercial onde há uma loja de decoração e um Outlet que era bem mais interessante pra mim :-). Combinamos de nos encontrarmos depois, na loja de decoração.

Neste meio tempo bati perna nestas lojas, não encontrei nada que eu quisesse, e fui de encontro ao marido que já estava demorando, mas nos desencontramos. No que eu estou em um dos corredores da loja, na parte de jardinagem, que já estava prestes a fechar, vejo uma mulher com dois vasos LINDOS de orquídeas. Ela percebendo o meu olhar de admiração disse: "fünf franken" (cinco francos). Eu até pensei que estivesse entendido errado e disse: "Wie viel" (quanto)? ela repetiu o valor e eu corri até lá e comprei mais uma orquídea linda por cinco franquinhos. Antes elas custavam 60 francos!! Fiquei tão feliz :-). Tem coisas que só a Suíça faz por você :-).

Minha linda orquídea de 5 francos :-).

Marido já estava no estacionamento e quando me viu com mais uma orquídea, riu!! Eu perguntei: "Você havia visto esta promoção? Ele disse: Sim, e eu pensei: ainda bem que ela não está aqui senão ia querer com certeza comprar. Eu disse: Pois é, foi o destino que fez com que nos desencontrassemos para que eu encontrasse mais uma orquídea em promoção" :-).

A vida com flores fica bem mais colorida!

Continue lendo ››

26.8.12

Mont Blanc - o retorno

Sabe aquelas cidade(zinhas) que você conhece, gosta e pode voltar lá quantas vezes for, que será sempre legal? Pra mim está cidade é Chamonix Mont Blanc. Aproveitamos uns dias livres e fomos pra lá, sobretudo para escapar do calorzão que estava fazendo por aqui e que felizmente já acabou:-).


Estivemos lá ano passado e voltamos novamente este ano para curtir essa charmosa cidadezinha francesa de montanha e que dá o nome a uma marca de grife, mas que curiosamente na cidade não há sequer uma loja Mont Blanc :-).


O que eu mais gosto em Mont Blanc é justamente da atmosfera simples e das pessoas casuais e descoladas da cidade. Chamonix, que está encravada nos alpes franceses, é uma das cidades de montanha mais bonitas e animadas que eu já conheci. O privilégio de estar em Chamonix Mont Blanc é poder ver as montanhas cobertas de neve de praticamente todos os pontos da cidade. O ponto alto de lá é no inverno, onde a cidade recebe milhares de praticantes de esportes de inverno. No verão os esportistas vão para fazer hikking nas montanhas ou voar de parapente, do qual marido está tentando me convencer a fazer... mas como eu não tenho sangue aventureiro como a Márcia, que vive saltando de Bungee Jumping,... acho que vai demorar um pouquinho para um dia eu voar de parapente...rs..



Desta vez fomos para o outro lado do Mont Blanc. Subimos de teleférico para Plan Praz há 1.999 metros e de lá tomamos outro cable train para Brévent que está localizada há 2.525m, pois já tínhamos subido da outra vez até o ponto mais alto (Aiguille du midi - localizado há quase 4000 metros de altura).



A vista é espetacular e tivemos sorte que o tempo lá em cima também estava bom. Poucas vezes tive que vestir a jaqueta, mas dentro da minha mochila tinha uma blusa mais quente, porque nas montanhas o tempo pode mudar repentinamente!!




Ficamos por lá um tempão e a cada dia eu sinto que tenho mais disposição e fôlego para caminhadas nos alpes. No início, quando eu comecei a subir nas montanhas eu quase morria, rs..., mas com o tempo fui ganhando condicionamento físico e já não "sofro" mais, hehe. Na volta paramos novamente em Plan Praz para um café com uma vista linda!!


Dole - pássaro típico das montanhas



E a noite não pôde faltar o fondue!!



Aprendi a gostar de montanhas vivendo na Suíça. No Brasil, gostava muito de ir para Campos do Jordão, no interior de São Paulo, mas ia de vez em quando e somente durante festival de inverno, que eu adorava!
Ficamos dois dias em Mont Blanc e na volta paramos em outra cidade de montanha linda, chamada Gstaad, já na Suíça. Post em breve :-).


Continue lendo ››

22.8.12

Volto depois do calor...

Todo mundo que mora pelas bandas de cá já escreveu sobre a onda de calor insuportável que está fazendo por aqui... Não vou me repetir :-).Mas que está difícil aguentar... ah isso está.

Foto: Arnd Wiegmann / Reuters
Jornal O Globo
- "Clima de praia: Rio Limmat, em Zurique, tem recebido animadas banhistas".

Marido tirou uma semana de férias para resolver algumas pendências e amanhã iremos aproveitar para sumir ir para as montanhas para espantar o calor e respirar o ar fresquinho de lá.

Volto daqui uns dias com a programação normal :-).

Bom verão!!!
Continue lendo ››

17.8.12

Torta do dia

Quando eu vi essa receita de torta de abobrinha, não resisti e resolvi fazer!

E, modéstia a parte, ficou uma delícia!

Na verdade a receita não tem nenhum segredo e é super fácil e rápida de fazer.  A receita peguei daqui.




Sirva só com uma saladinha verde e seja feliz :-)

Quem quer um pedacinho levanta a mão \o/ \o/ \o/ \o/ \o/ :-).

Bom final de semana!!
Continue lendo ››

15.8.12

O rádio da Frau W.

Frau (Senhora) W., foi uma vizinha dos meus sogros, quando eles moravam em um pequeno apartamento e à época meu  marido e a irmã dele ainda eram bem pequenos.

Um dia, Frau W. convidou a minha sogra para fazer um passeio de barco pelo Bodensee, já que a região onde eles moravam ficava bem próxima a este lago. Minha sogra, com duas crianças pequenas e com um início de resfriado, na ocasião agradeceu o convite e disse que infelizmente não poderia ir. Frau W. foi sozinha e lá alugou um pequeno barco.


Área ao redor do Bodensee na parte suíça







Alguns dias se passaram e não houve mais contato com a Frau W. Até ai nenhuma novidade, já que por aqui, pouco ou quase nada se sabe sobre os seus vizinhos. Eu posso contar nos dedos das mãos quantas vezes tive contato com os meus vizinhos :). Cada vez mais fica evidente a falta de interesse pela vida do próximo.

Durante o passeio pelo Bodensee, Frau W. cometeu suicídio se atirando no lago e indo de encontro à morte! O histórico de suicídios neste país vem de longe...

Marido me contou esta história quando decidiu trazer para casa o rádio que pertencera a Frau W. e que estava na casa dos pais dele. Ele acredita que este rádio deve ter pelo menos uns 60 anos!! Na ocasião a polícia bateu no apto. dos meus sogros, informou o ocorrido e disse que eles poderiam ficar com alguma coisa da casa da Frau W. (eu imagino que Frau W não tinha família...) Foi assim que a minha sogra ficou com o rádio.


O rádio ficou guardado por anos e anos e agora vai servir talvez como uma decoração "vintage" na nossa casa. No começo não quis trazê-lo, mas marido insistiu que o rádio é uma relíquia e que ele não abriria mão dele... ele ainda não tentou ligar o rádio porque ele acha que os condensadores podem "explodir", rs...  já que está há muitos anos desligado. O rádio terá que ser primeiro aberto e checado, e só depois ligado à tomada.

Eu fiquei imaginando: e se minha sogra tivesse ido, será que o suicídio teria sido evitado? ou será que Frau W. se suicidaria assim mesmo, na frente da minha sogra? ou teria sido a minha sogra a sua última esperança? Quaisquer que sejam as respostas, pra mim é difícil entender a escolha do suicídio como a solução final.



Continue lendo ››

10.8.12

O que comprar na Suíça e na Alemanha

Muita gente chega aqui fazendo uma busca sobre o que comprar na Alemanha, tudo porque há tempos eu escrevi este post sobre algumas comprinhas que fiz na Alemanha, mas nem eram dicas e sim comparações de preços entre a Suíça e a Alemanha.

Eu não moro na Alemanha, mas como vira e mexe cruzo a fronteira e vou para lá, posso dar algumas dicas para quem estará turistando pela Deutschland :-). As meninas que moram ou moraram na Alemanha que passam por aqui, também podem contribuir dando dicas de compras :-)

O que vale a pena comprar na Alemanha

Labelo: é uma manteiga labial muito usada por aqui para proteger os lábios contra o frio. O produto da embalagem azul é o mais antigo e tradicional. Outro produto muito bom é o Bepanthol pra lábios. Eu acho que no Brasil não tem, ele é ótimo, e eu até prefiro ele ao Labelo, custa geralmente 4 euros nas farmácias e os lábios permanecem intactos durante todo o inverno.



Foto: Wikipédia



Se você é fã do creme Nivea (em alemão é pronunciado NivÉa), a Deutschland Republik é o lugar para comprar esses produtos. Entre em qualquer perfumaria, que você encontrará uma infinidade de produtos desta marca, desde o tradicional creme do potinho azul a maquiagens e outros produtos que não encontramos no Brasil.

Maquiagem: a marca alemã Art Deco tem produtos ótimos. No Brasil lembro que os produtos desta marca eram caríssimos e na Alemanha e Suíça são considerados produtos de custo médio. Em lojas como a Douglas é possível ver uma variedade destes produtos. Uma sombra custa em torno de 5 euros e um blush em torno de 9 euros.

Foto daqui

Outra marca de maquiagem, chamada Catrice, é bem conhecida na Alemanha e Suíça e há corners da marca em muitas lojas/drogarias como a DM e Müller. Eu só usei, até o momento, um esmalte desta marca e eu gostei, mas tenho uma amiga que compra muitas coisas da Catrice e ela disse que os produtos são bons. São produtos baratos que o custoxbenefício vale a pena.

Schwarzkopf, é uma linha de produtos capilares muito boa, e que pode ser encontrada até em supermercados! Uma boa dica, se você não tiver muito espaço na mala, são os frasquinhos pequenos de hidratação, geralmente dose única, você aplica nos cabelos e 3 minutinhos depois é só enxaguar e voilá!! Ah, não se preocupe em trazer shampoos e condicionadores do Brasil, além de ocupar espaço na mala, eles não farão o mesmo efeito no seu cabelo quando você os lavar em terras alemãs ou suíças, pois a água nestes países é bem diferente do Brasil. É uma água calcária e os produtos do Brasil podem não funcionar direito. Deixe para comprar produtos para o seu cabelo aqui :-).

Dermocosméticos: se você é fã, como eu, de produtos como La Roche Posay, Avene, Vichy vale a pena deixar para comprá-los na Alemanha ou na Suíça. Em qualquer Apotheke (farmácia) eles podem ser facilmente encontrados. Protetor facial solar da La Roche Posay fator 50+, por exemplo, custa em torno de 17 euros na Alemanha (na Suíça custa em torno de 30 francos), O Effaclar que é o gel de limpeza gira em torno de 14 euros na Alemanha e em torno de 21 francos na Suíça. No Brasil eu me assustava com os preços destes produtos.

Vitaminas: nas redes de drogarias como a Müller e a DM é possível encontrar vitaminas de todos os tipos: para os cabelos (Haare), pele (Haut), unhas (Nagel), vitamina B, Zinco, Biotin, Luteina, betacaroteno e etc. As vitaminas da marca Abtei, que é uma das mais conhecidas, começam custando 2,95 euros a cartela. Aliás, na Müller e na DM, há uma infinidade de produtos. Nas lojas maiores da Müller, por exemplo, há um andar só dedicado a produtos para a casa.Vale a pena dar uma passada nestas lojas. Os supermercados também sempre rendem boas compras. Os melhores que eu conheço são o Edeka e o Kaufland.

Se vier no inverno deixe também para comprar por aqui os casacos/jaquetas. Além de caros, no Brasil, os casacos não são adequados para o inverno no hemisfério norte. Preste bastante atenção no acabamento e na composição. Veja SEMPRE na etiqueta interna qual a porcentagem de lã. Muitas vezes o casaco é bonito, mas tem somente 30% de lã e o restante é material sintético e você passará frio se comprar um destes para usar no inverno alemão ou suíço. Pra mim, o que funciona muito bem no inverno são os casacos forrados com penas de ganso (feder em alemão, down/feather em inglês), pois eles formam uma barreira contra o vento e protegem muiiiito. Lojas populares como a Esprit e a Zara costumam ter opções bem em conta. Se o seu orçamento estiver apertado, com sorte, lojas como H&M podem ter achados, mas as vezes a qualidade nesta loja fica em segundo plano, porém é possível sim encontrar produtos com um custoxbenefício de acordo com o que você pode pagar. Se vier na época das "Sale", que costuma ser em meados de janeiro, esqueça a H&M e procure em outras lojas, cujos artigos podem ter descontos de até 70, 80% e ai vale investir em algo de mais qualidade, mas isto depende muito se você vai usar a roupa mais vezes ou não, em que região do Brasil você mora, se você costuma fazer turismo em lugares frios e etc...


Casaquinhos, blusinhas de lá, suéteres, meias e cachecóis: em qualquer lojinha é possível encontrar estes artigos por um bom preço. Na C&A por exemplo, alguns destes artigos custam uma verdadeira pechincha! Da última vez que eu estive em São Paulo, fiquei passada com os preços de suéteres e blusinhas de inverno que eu vi por lá.

Botas e sapatos para o inverno: O Brasil exporta muitos sapatos para a Europa, porém os sapatos exportados são superiores ao que encontramos no Brasil, porque a sola é reforçada para aguentar a neve e as baixas temperaturas. A sua bota pode ser linda de morrer, mas se o solado dela não for de borracha e reforçado, tenha certeza que, na neve e no piso molhado, será tombo na certa! O material também precisa ser impermeável para manter os pés quentinhos. Sapatos de verão na minha opinião, valem mais a pena serem comprados no Brasil pois são mais bonitos e temos mais opções.

Produtos Zwilling: A marca alemã é sinônimo de tradição, qualidade, design e funcionalidade. Os produtos em aço e stainless são compostos por facas, tesouras, produtos para cozinha, de qualidade excepcional. Vale a pena o investimento. Mais informações podem ser encontradas no site da empresa (versão em português).


O que comprar na Suíça

Basicamente tudo que eu descrevi na Alemanha, porém a Suíça é mais cara (mas a realidade da Suíça é outra, não dá para comparar com a Alemanha). Se bem que nas roupas e sapatos eu não vejo tanta diferença nos preços, mas cosméticos, cremes, comida, em geral na Alemanha é bem mais em conta.

Chocolates: os melhores do mundo são os suíços...rs... Mas não os compre em lojinhas de souvenirs onde eles costumam ser mais caros, opte por comprá-los em supermercados onde as marcas "populares" como Lindt, Nestle, Succhard e Camille Bloch podem ser encontradas. Na Suíça é fácil encontrar esses chocolates nos supermercados COOP (os grandes) como o da Central e o da St Annahof na Bahnofstrasse em Zurique. No supermercado MIGROS você encontrará chocolates da marca Frey que também é bem reputada na Suíça, porém não tão conhecida em outros lugares, são mais baratos, por exemplo, do que os chocolates Lindt mas também são muito saborosos!! Em ambos supermercados muitas vezes há pacotes com 5 ou 6 tabletes de chocolates que são vendidos a preços promocionais.





Se você quiser chocolates gourmet e estiver em Zurique, faça uma visita a Sprüngli, que é uma das mais antigas confeitarias da cidade. Lá há doces e chocolates maravilhosos! Os meus preferidos são as trufas de chocolates que são simplesmente divinas!!
A Merkur é a loja que representa e vende a marca Läderach que produz chocolates finos e artesanais com diversas combinações de sabores e a loja por si só é um deleite para os olhos.


Relógios: bom a Suíça é um paraíso para os apreciadores de relógios. Aqui podem ser comprados desde os populares relógios Swatch - que custam a partir de 70 francos nas próprias lojas Swatch - até os relógios IWC feitos a mão que custam a partir de 9.000 francos. Sem contar os Rolex, Patek Phillippe, Breguet e por ai vai...A Bahnhofstrasse é a rua de comércio de Zurique onde se concentram a maioria das lojas de relógios finos.

Lojas de departamento como a Manor costumam ter souvenirs com motivos da Suíça bem fofos para presentear. Em outros departamentos da loja dá pra encontrar também muita coisa bem legal para comprar. A Globus, outra loja de departamento é bem grande, porém mais cara que a Manor. Nela, no subsolo, há um supermercado/delicatesse onde há produtos finos desde chás, queijos, massas, iogurtes e produtos gourmet. Um verdadeiro paraíso.

Aproveite para se deliciar com a infinidade de queijos que são encontrados na Suíça. Como é super complicado carregá-los na mala até o Brasil (mas se vc quiser arriscar...rs..), aproveite para consumir o quanto você puder :-). Mais uma vez, supermercados são os melhores lugares para comprá-los e na Suíça você verá sempre um supermercado Migros ou um COOP onde quer que você vá, é quase um monopólio.

Aproveitem a viagem, mas não esqueçam de fazer turismo também e não somente compras..rs...
Continue lendo ››

6.8.12

As flores e as plantas da minha casa

Eu não era muito de ligar para flores e plantas. Claro que eu gostava de ganhar flores, mas elas iam para algum vaso, depois murchavam, perdiam a graça e eram jogadas fora. Na minha casa, em SP, tínhamos uma ou duas samambaias na garagem e eventualmente alguma violetinha, e só.

Quando conheci o meu marido e o apto dele fiquei surpresa com o número de plantas que ele tinha. O gosto por plantas foi herdado pela mãe dele que era uma apaixonada por jardinagem. Marido me dizia que ter plantas em casa, além de bonito, ajudava a melhorar o clima seco, principalmente por conta dos aquecedores que ficavam ligados a todo o vapor no inverno.

A partir de então fui gostando de ter plantas em casa - é verdade que quem cuida da maioria é o marido, rs... - mas agora eu já tenho algumas florzinhas que eu adoro e que deixam a casa mais alegre. Verão é a época de ter flores na janela e no quintal. E por aqui, em qualquer varandinha, seja de apartamento, de escritório, de casa, grande ou pequena, quase sempre terá um vasinho de flores exposto. Eu fico maravilhada com os jardins que vejo por aqui.

No começo achava que essa coisa de jardinagem era só para Grossmütter (vovós), rs... mas depois quando você começa a pegar o jeito, você não consegue mais viver sem plantas em casa. Acabamos também trazendo algumas plantas da casa que foi dos meus sogros, porque dava dó vê-las morrendo. Além do mais, cuidar de plantar, acaba também sendo uma terapia!!

Vou mostrar um pouco das plantas e das flores que temos em casa. Dá um trabalhão cuidar, mas vale a pena.

Na varanda temos duas palmeiras, dois bambus, uma roseira...



um pezinho de laranja...



hortênsias que foram trazidas da casa da sogra e que (re)plantamos próximo a caixinha do correio. Tem mais um pé que vamos trazer de lá para replantar em outro canto:-). ...



um Sisal - que também foi trazido da casa da sogra - que é originário do México e vive bem no clima seco e por isso não precisa de água todos os dias...



essas florzinhas no murinho que separa a casa... tadinha da bananeira, ela está quase morrendo...



duas tuias e um vaso de "Buchs" (não sei o nome em português), na porta de entrada...








um vasinho de manjericão (conhecido aqui como Basilikum) na cozinha, o cheirinho é uma delícia...



um vasinho de rosas na janela da cozinha...


essas florzinhas na janela da sala...



no escritório temos: essa planta que é original da Amazônia, mas não sei o nome...



duas trepadeiras, cujas folhas já estão batendo no chão, e...



vasinhos de cactus, que marido adora...


Em cada canto da sala temos uma palmeira...



e essa planta em um outro canto, que eu particularmente não gosto, mas como foi presente da sogra para o marido, ele não quis se desfazer dela... quero arrumar um outro vaso urgente pra ela...rs...

na escada...



 no topo da escada...



e as orquídeas começaram a florir agora...



... e a maior surpresa de todas... essa Yuca, que já tinha sido dada como perdida, pois na mudança ela ficou quase destruída. Deixamos ela de lado no keller (porão), já cortada e pronta para ser jogada fora, quando de repente ela começou de novo a crescer, a natureza é perfeita!! Não vejo a hora de vê-la grande de novo, estou procurando um novo vaso pra ela... nossa como achar vaso dá trabalho...rs...


E paramos por aqui...rs... não quero mais plantas por enquanto, senão vamos ter que viver para cuidar delas, rs...ah... lembrei agora que ainda tinham as plantas dos banheiros... esqueci de fotografar. Fica para a próxima :-). 


E vocês tem plantas? Gostam de plantas? Gostaram das minhas plantinhas? 

 
Continue lendo ››

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...