29.4.12

As mulheres na Suíça e o trabalho

Como o dia Primeiro de Maio, Dia do Trabalho, está chegando, quero escrever um pouquinho sobre algumas profissões exercidas por mulheres aqui e que eu nunca tinha visto alguma mulher no Brasil exercer. Por aqui me surpreendi quando vi mulheres trabalhando como "pedreira", eletricista, mecânica, marceneira e etc. No Brasil, já havia assistido na TV, alguma reportagem especial sobre mulheres exercendo esses trabalhos, mas na "vida real" nunca vi.

Lembro que no Brasil, há alguns anos atrás, se uma mulher fizesse algum destes trabalhos de forma profissional, seria logo taxada pejorativamente de "sapatão", "mulher macho" e por ai vai... Talvez o preconceito tenha diminuido um pouco, e agora, em pleno século XXI, mulheres nestas funções, já sejam mais aceitas pela sociedade.

Em São Paulo, minha cidade, lembro de ter visto algumas vezes mulheres dirigindo ônibus (que era profissão de "homem"), mas mesmo assim não muitas. As outras profissões que aqui citei, nunca vi nenhuma mulher exercendo durante os anos em que no Brasil vivi.

Por aqui não importa muito QUEM faça o trabalho, mas sim COMO ele é feito. Do profissional, na maioria das vezes, é exigido que ele tenha feito um curso profissionalizante e depois uma prova, que dará direito a um certificado para execer a profissão estudada. Para trabalhar como pedreiro e outras profissões da construção civil, é sim, na maioria das vezes exigido este certificado. Já para os ajudantes de obra (menos qualificados) é possível trabalhar "sem diploma". E eu já vejo cada vez mais mulheres trabalhando em funções que seriam majoritariamente masculinas.

As mulheres são respeitadas, não importa com o que trabalhem. Eu nunca ouvi um comentário machista ou preconceituoso sobre as mulheres que trabalham, por exemplo, em oficina mecânica, um ambiente dominado por homens. Quando eu e marido fomos em uma oficina mecânica para trocar os pneus do carro, de verão, para os pneus de inverno (os carros precisam de um pneu especial de neve no inverno pois eles têm que aguentar baixas temperaturas e serem estáveis por causa da neve), quem fez o trabalho foi uma mulher.

Aqui na nossa casa mesmo, quando estávamos para nos mudar e viemos para fazer uma das últimas checagens, quem estava testando a parte elétrica era uma menina, bem novinha por sinal, talvez uns 22 aninhos, quase a minha idade... Ráaaaaaaa!!! :-).



Mas como algumas coisas não mudam, independente do país, os salários das mulheres, aqui também, ainda são menores do que os dos homens, mesmo elas exercendo os meus cargos e tendo as mesmas responsabilidades. Tomara que um dia isso mude.


12 comentários:

  1. Que interessante saber qeu por ai tem mulheres exercendo cargos que eram majoritariamente masculinos e que as pessoas respeitam. A unica coisa negativa em todo mundo pelo visto sao os salarios iguais, que infelizmente parece longe de igualar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Sandra, esse negócio de salários diferentes eu JAMAIS vou entender. Por qual motivo uma mulher, fazendo a mesma coisa (as vezes ainda mais bem feito), ganha menos?
    Será q existe uma explicação plausível p isso?

    Ótimo post, viu?

    Beijo,
    Rebeca
    xoxo

    ResponderExcluir
  3. Aqui é a mesma coisa Sandra. Sem preconceitos, as mulheres atuam em todas as areas, mas continuam com salário menosres, não entendo, já que eles defendem tanto a igualdade social e etc...

    ResponderExcluir
  4. Tomara que mude mesmo Sandra, pois se exercemos a mesma funcao porque devemos ganhar menos, right?
    Por aqui eu nunca vi mulher nessas funcoes que vc citou, apenas dirigindo onibus ou fazendo seguranca mas vou ficar mais atenta pra ver se acho.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  5. aqui em bahrain a coisa e ainda mais retrograda que no Brasil. E praticamente proibido que a mulher assuma certas responsabilidades.

    ResponderExcluir
  6. Tomara que mude mesmo Sandra, porque como você bem mencionou, o trabalho feito pela mulher tem qualidade igual (ou superior em muitos cargos que demandam atenção a detalhes) e merece igualdade!
    É uma luta que precisamos travar. E vamos vencer! A capa da Veja hoje tem 3 mulheres brasileiras presidentes de grandes empresas. É... we will rule the world!
    Bjim
    Márcia

    ResponderExcluir
  7. Que bacana este post, Sandra. Aqui é meio como no Brasil, embora existam mulheres trabalhando nessa profissões, elas ainda são majoritariamente dominada por homens. A diferença é que a desigualdade entre homens e mulheres é menor aqui do que lá, mas ainda é bem maior do que em países como Suiça, Suécia e Noruega, por exemplo. Mas tenho esperança de que as coisas vão mudar, ainda que seja a passos de tartaruga. Beijo

    ResponderExcluir
  8. Tambem percebi isso aqui em Narnia Molhada, so que pelo que eu ouvi os salarios nao sao menores nao, ou pelo menos existe uma preocupacao enorme para resolver isso, nos casos que sao...

    Eu acho que cada pessoa tem que seguir a profissao que deseja... E eh natural que em algumas profissoes existam mais homens ou mulheres, como na fisica mesmo, com grande maioria de homens...

    ResponderExcluir
  9. Acho muito bacana essa quase igualdade entre os gêneros. E, apesar da diferença de salário que vc mencionou, tenho a impressão de que as mulheres aqui na Europa fazem esse tipo de trabalho também porque o rendimento permite ter uma vida razoável, né? No Brasil as mulheres não têm tanto motivo pra se esforçar e entrar nesse mercado, já que o salário é, geralmente, ruim...
    bjos

    ResponderExcluir
  10. É tudo muito cultural. Nós crescemos educados para uma sociedade em que homens e mulheres tem suas profissões pré determinadas. Naturalmente, há fatores emocionais, físicos que interferem em certos pontos nas profissões, pela natureza humana, que difere homens de mulheres. Agora realmente o que é difícil de entender, como todo mundo expôs acima, é porque se paga menos pra um e mais pra outro no desempenho da mesma função?!?!?!Bom, mas alguém deve estar se beneficiando disso, com certeza! rs Boa semana!

    ResponderExcluir
  11. oi Sandra...
    verdade isso menina!!! realmente aqui as mulheres tem postos de trabalho igualmente aos homens, vejo muitas mulheres dirigindo trans, onibus...
    Adorei este post seu, ficou bacana!
    beijoss

    ResponderExcluir
  12. Aqui é quase a mesma coisa, vejo muito mais mulheres exercendo funções consideradas de homens do que no Brasil mas assim como aí o salario ainda não é igual, não consigo entender isso vindo de países tão desenvolvidos uma pena.
    uns 22 aninhos, quase a minha idade... Ráaaaaaaa!!! :-).
    Adoreiii kkkkkk, bjksss

    ResponderExcluir

Seu comentário é bem vindo! Obrigada!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...